O cozinheiro de Breaking Bad e uma salada colorida

breaking-bad

imagem retirada daqui.

Esta é uma série que adoro e onde o palco principal é a cozinha. Não no sentido tradicional da palavra, espaço onde se confecionam e partilham refeições, mas na aceção de laboratório de metanfetaminas. No meu entender, mais importante do que a problemática da produção, do tráfico e do consumo desta droga, a série, que já vai na quinta temporada, centra a atenção em Walter White, professor de Química, que, vendo-se confrontado com cancro pulmonar e com as dívidas associadas aos tratamentos, decide, sem conhecimento da esposa, tornar-se num dos melhores cozinheiros de “crystal meth”. Este drama, que se desenrola no Novo México, leva-nos a refletir sobre os motivos que conduzem à realização de determinadas ações

e faz-nos simpatizar, de forma desconcertante, com o vilão. Recomendo, portanto.

Se pretenderem consultar informação generalizada sobre a série, podem fazê-lo aqui.

Trailer da série.

Hoje, a minha cozinha sugere-vos esta salada colorida. No que respeita às saladas, acredito sempre que não há limites para as combinações de texturas, cores e paladares. Apenas o fator imaginação e os ingredientes à mão, claro.

salada de couve e frutos_foodwithameaningsalada de couve e frutos_foodwithameaning

Salada de couve com frutos

1 couve lombarda pequena

maionese de cebola caramelizada e alho (marca Heinz) ou 1 iogurte natural

6 fatias de fiambre de peru

2 tangerinas (o sumo apenas)

2 kiwis

bagos de romã

miolo de noz

Preparação

1. Espremem-se as tangerinas e mistura-se o sumo destas com o iogurte, ou o equivalente em maionese, até se obter uma mistura homogénea.

2. Corta-se a couve finamente e o fiambre de peru.

3. Descascam-se os kiwis e cortam-se aos pedaços.

4. Retiram-se os bagos à romã.

5. Envolve-se a couve no preparado de maionese e sumo de tangerina.

6. Adicionam-se os pedaços de kiwi, os bagos de romã e o miolo de noz.

Bom fim de semana!

Patrícia