Salada de couve-roxa e noodles

Estava um pouco reticente em relação a esta receita antes de a experimentar. Não concebia a utilização de massa crua. Cheguei a telefonar de propósito à Paula, a amiga que me aconselhou a receita, para  lhe perguntar se não deveria dar pelo menos uma fervura na massa.

Como as instruções eram as mesmas, pensei: Paciência! Se não sair bem, só  se perderão os ingredientes.

Como o resultado foi surpreendente, tendo as minhas expetativas sido superadas, resolvi partilhar esta salada agridoce convosco.

Espero que gostem e que se porventura a confecionarem pelas vossas cozinhas me deem o vosso parecer.

Ingredientes

1 couve-roxa (de tamanho médio)

2 pacotes de noodles de galinha

3 colheres de açúcar

1 cebola

1/2 pimento vermelho

1/2 pimento verde

6 colheres de vinagre

1/2 copo de óleo

sal e pimenta

Modo de Preparação

Raspa-se a couve para a taça onde a salada já irá ficar.

Parte-se com as mãos os noodles crus (é mais fácil fazê-lo ainda com o pacote fechado).

Coloca-se a massa de noodles, e o respetivo tempero que vem com ela,  por cima da couve.

Adiciona-se o açúcar, o vinagre, o óleo, os pimentos picados aos quadradinhos pequeninos e a cebola picada.

Tempera-se com sal e pimenta a gosto.

Envolve-se tudo com uma colher de pau.

A massa macera com os sucos libertados da couve e com o açúcar, o vinagre e o óleo, tornando-se macia, com a consistência final de cozida.

Convém fazer esta salada de véspera e guardá-la no frigorífico. Na hora da refeição, quer seja almoço ou jantar, é um acompanhamento que está pronto a servir.

Poderão também adicionar milho cozido à salada, mas se o fizerem envolvam-no na salada antes de a servir.

A couve-roxa veio da horta da Ilídia numa cesta de legumes que também trazia alho francês e um belíssimo ramalhete de acelgas.

Mais uma vez obrigada.