Ostracizada

Era como me sentia: ostracizada, excluída, marginalizada, por não pertencer ao grupo dos apreciadores de ostras. Hoje já não é assim, graças à educação do paladar e à versatilidade da confeção desta iguaria.

Estas ostras foram consumidas quase ao natural, apenas com um toque de sumo de limão, mas abaixo deixo-vos outras sugestões de preparação, que vos farão “dar a volta ao mundo”.

2

3

Ostras com molho de tabasco

A grande chef argentina, Narda Lepes, sugere comer as ostras frias e frescas com um molho apimentado de tabasco. Verta sobre as mesmas um condimento a base do molho mencionado, suco de limão, sal em escamas e meia chávena de café de vinagre de xerez. Adicione também uma pitada de açúcar e cebolas picadinhas.

Ostras fritas

Nova Orleans (estado de Louisiana, nos Estados Unidos) é famosa pela grande quantidade de animais marinhos que provêm da Baía de Louisiana. Lá, as ostras são com frequência preparadas fritas (à milanesa) e com molho tártaro. Essa receita vêm da cozinha chamada “cajun creole” típica da região: uma mistura de influências americanas, africanas e francesas.

Ostras recheadas

Também nos Estados Unidos, as Ostras Rockefeller são uma receita muito tradicional. Para prepará-las, ferva as otras e, a seguir, ponha-as em suas conchas. Recheie as mesmas com uma mistura de espinafre, bacon, migalhas de pão, cebola e salsa. Finalmente, leve-as ao forno e sirva-as quentes.

Ostras com vinagre de vinho

Uma das receitas mais clássicas na França para preparar os moluscos é o vinagrete Mignonette. Faça-as com vinagre de vinho, cebolas picadas e grãos de pimenta negra moída. Use uma colher de chá do molho por ostra e dê-lhe um toque de limão.

Ostras gratinadas

Outra receita de origem francesa é a de ostras gratinadas. Prepare uma mistura de manteiga e salsa e coloque-a dentro das ostras. Incorpore queijo gruyère e migalhas de pão ralado e leve ao forno durante alguns minutos.

fonte

1

Alcatra de lulas

A alcatra é um tipo de corte de carne bovina, localizada na parte traseira do animal. Com esta peça confeciona-se o prato típico aqui da ilha Terceira, que também recebeu a designação de alcatra, aquele que todo o turista que visita os Açores deseja experimentar. A alcatra tradicional é feita com carne de vaca, mas a diversidade tem aparecido. Há-as de feijão, coelho, galinha, polvo, peixe, lulas.  Independentemente do ingrediente principal, o que lhes confere o verdadeiro sabor é o alguidar de barro e o forno de lenha.

Deixo-vos então a minha proposta de ALCATRA de LULAS.
alcatra de lulas 2

alcatra de lulas 3

Receita para 5 ou 6 pessoas

Ingredientes

  • 1,5 kg de lula limpa inteira
  • 500 dl Azeite 
  • 50 g Toucinho Entremeado (usei toucinho de fumo)
  • 225 g Cebola picada
  • 5 dente/s Alho picado
  • 200 g Tomate limpo em cubos
  • 2,5 dl Vinho branco
  • 1 paus de canela
  • 2 cravinhos
  • 1 colher/s de café Colorau
  • Pimenta da Jamaica
  • q.b Sal marinho 
  • 2 folhas Louro
  • Salsa picada

Tempere as lulas com sal marinho e os restantes ingredientes.

À parte, coloque uma cama de cebola, alho e tomates, as lulas, o azeite e uma nova camada de cebola, alho e tomate adicione o vinho, cubra com o toucinho, tape, com folha de alumínio e leve ao forno quente a 180ºC durante 35 a 40 minutos.

Ao fim deste tempo, destape, verifique a cozedura com um palito, destape e deixe o cozinhado ganhar cor, reduza o resultado do assado e perfume com  salsa ou coentros.

alcatra de lulas

Outros posts relacionados com Alcatra:

https://foodwithameaning.wordpress.com/2017/06/04/alcatra-mista-em-domingo-de-primeiro-bodo/

https://foodwithameaning.wordpress.com/2014/02/07/e-quando-o-barro-encerra-tradicao-e-arte/

https://foodwithameaning.wordpress.com/2013/05/29/o-pao-dado-pelo-divino-parte-iii-sopas-do-espirito-santo-cozido-tradicional-alcatra-e-arroz-doce/

https://foodwithameaning.wordpress.com/2016/04/06/quinoa-e-alcatra-combinam/

 

receita de alcatra de lulas adaptada daqui

Polvo cozido com batatas salteadas

polvo cozido com batatas salteadas

Neste verão, têm sido confecionados pratos de polvo com alguma frequência, e tudo graças ao mergulhador de serviço cá de casa. E óbvio que não sou eu a detentora de tal destreza, mas sim o meu marido. É preciso ter conhecimentos sobre os hábitos do polvo e bastante habilidade para se conseguir apanhar um molusco destes. As nossas férias de verão na ilha do Pico concorreram para esta apanha e nós temo-nos deliciado com diversos pratos de polvo. Hoje, trago-vos a minha receita de polvo cozido, acompanhada de batatas salteadas com casca, que foram um aproveitamento de sobras de batata-nova cozida.

Esta travessa linda tem a assinatura DeBORLA!

polvo cozido com batatas salteadas

Ingredientes

  • 1 polvo de 3 quilos
  • 1 cebola grande
  • 1 folha de louro
  • 5 dentes de alho
  • 1 pimenta piri-piri
  • sal q.b.
  • batata-nova
  • azeite
  • tomilho fresco
  • alecrim
  • alho em pó
  • moinho de 5 bagas

 

Preparação

Deixe que o polvo descongele totalmente. Coloque água numa panela. Junte uma cebola cortada em 4 partes, dois dentes de alho, a pimenta e a folha de louro. Não tempere com sal. Deixe que a água comece a ferver. Não tape a panela. De seguida, pegue no polvo pela cabeça e introduza-o na água, segurando sempre a cabeça. Retire-o e introduza-o novamente. Faça isso mais uma vez. Tape a panela e deixe que o polvo coza. Com uma faca e um garfo, vá experimentando a consistência do polvo. Se optar pela panela de pressão, assim que a válvula começar a chiar, conte 20 minutos, desligue o lume e destape a panela. A estrutura fibrosa do polvo depende muito de onde é originário.

Escorra o polvo e corte-o separando os tentáculos.

Coza batata-nova de tamanho médio com casca. Depois de cozida, deixe arrefecer e corte-a em gomos. Reserve.

Numa frigideira, coloque 3 colheres de sopa de azeite, raminhos de tomilho e de alecrim e os 4 dentes de alho picadinhos. Leve a dourar o alho levemente.

Junte as batatas, polvilhe-as com um pouco de alho em pó, com mistura de cinco pimentas e deixe-as alourar de ambos os lados, virando-as com cuidado.

Coloque o polvo no centro de uma travessa e disponha as batatas à volta do mesmo. Regue com mais azeite e sirva de imediato.

polvo cozido com batatas salteadas

polvo cozido com batatas salteadas

polvo cozido com batatas salteadas