E do velho se fez novo… Falafel com Atum


Os Falafel são bolinhos vegetarianos originários do Medio Oriente, cujo ingrediente principal é o grão-de-bico. Fi-los para o workshop ‘Tapas Gourmet’, que dinamizei este mês de agosto na Loja DEBORLA da ilha Terceira, como poderão ver aqui. Hoje, trago uma versão diferente, com atum, como aproveitamento de dois lombos de atum que assei no forno, cujo tempero seguiu esta receita de cavala, que se encontra sempre no top ten das receitas mais visualizadas do blogue. No frigorífico havia também sobras de grão e de batata, de uma refeição de bacalhau-com-todos. E porque sou totalmente contra o desperdício, do velho se fez novo!

Falafel com Atum

Falafel com Atum

Falafel com Atum

Poderão encontrar esta e outras ardósias de servir nas lojas DeBORLA.

Micro pepinos originários da Quinta Biológica do TiCanoa

 

Falafel de Atum com Cuca Melon

Ingredientes

  • 2 lombos de atum assado no forno (300 g aprox.)
  • 200 g de grão de bico cozido
  • 200 g de batata cozida
  • 150 g de farinha T65 + para polvilhar as mãos
  • 1 colher de chá de fermento Royal
  • 1 cenoura raspada
  • 1 ovo
  • 1 cebola média
  • moinho de 5 pimentas
  • sal
  • salsa picada
  • cebolinho picado
  • óleo ou azeite para fritar

Preparação

  1. Coloque a cebola num robot de cozinha e triture finamente.
  2. Junte as postas de atum, o grão e a batata cozida e triture bem.
  3. Adicione o ovo, a cenoura raspada, a farinha, o fermento e misture bem.
  4. Termine com a salsa, o cebolinho, o sal e a pimenta. Envolva bem.
  5. Polvilhe as mãos com farinha e faça os falafel de atum do tamanho que entender.
  6. Leve a fritar em óleo quente.
  7. Sirva com maionese e com salada. (Servi com pequenos pepinos crocantes, denominados Cuca Melon).

Falafel com Atum

Falafel com Atum

 

 

 

Workshop Tapas Gourmet… na loja DeBORLA da Terceira

Ontem à tarde, dinamizei, na loja DeBORLA da Terceira, um workshop intitulado Tapas Gourmet. Apesar do calor que se fazia sentir, as diferentes sugestões de tapas foram sendo elaboradas com a ajuda preciosa dos participantes, que se voluntariaram para a execução das diversas receitas. Foi uma tarde Non-Stop à qual se seguiu a prova de degustação dos pratos confecionados.
Obrigada à empresa DeBORLA por confiarem neste meu gosto pela cozinha!

Gostaria também de agradecer aos proprietários da Salsicharia Tradicional Bísaro, sediada na aldeia de Gimonde, em Bragança, pela cedência de diverso fumeiro para degustação no workshop; ao amigo Avelino Ormonde, proprietário da Quinta Biológica Bio-Fontinhas por ter disponibilizado a planta do gelo e flores comestíveis; são sempre enriquecedores os momentos que passo com o Avelino e sua esposa; aprendo imenso com eles em termos de cultura biológica, variedade de plantas e seus benefícios.

Deixo um agradecimento muito especial ao meu vizinho Rodrigo Silva, proprietário da Quinta Biológica Ti Canoa, por me ajudar a enriquecer os workshops com apontamentos diferentes, desta vez materializados nas flores comestíveis, nas amoras, nos micro verdes de rabanete e de manjericão e no cuca melon (micro pepino), que acompanhou exemplarmente a entrada de truta salmonada, acrescentando-lhe ainda mais crocância, cor e sabor.

Partilho então convosco as fotos que tirei das tapas confecionadas.

&

Blinis com Anko (paté de feijão Azuki) com fumeiro da Salsicharia Transmontana Bísaro, nectarina e amora (da Quinta do Ti Canoa)

Colheres de massa folhada com paté de cavala e tomate seco com topping de anchova e micro manjericão

Colheres de massa folhada com paté de cavala e tomate seco com topping de anchova e micro manjericão

Colheres de massa folhada com paté de cavala e tomate seco com topping de anchova e micro manjericão

Falafel com maionese e kumquat

Falafel com maionese e kumquat

 

Falafel com maionese e kumquat

 

Fumeiro (lombinho, cachaço e salpicão) da Salsicharia Tradicional Bísaro com micro manjericão verde e roxo da Quinta do Ti Canoa

Fumeiro (lombinho, cachaço e salpicão) da Salsicharia Tradicional Bísaro com micro manjericão verde e roxo da Quinta do Ti Canoa

Fumeiro (lombinho, cachaço e salpicão) da Salsicharia Tradicional Bísaro com micro manjericão verde e roxo da Quinta do Ti Canoa

Hóstias de Camarão com queijo creme, truta salmonada e cuca melon (micro pepino da Quinta do Ti Canoa)

Hóstias de Camarão com queijo creme, truta salmonada e cuca melon (micro pepino da Quinta do Ti Canoa)

Hóstias de Camarão com queijo creme, truta salmonada e cuca melon (micro pepino da Quinta do Ti Canoa)

Tapenade com planta do gelo (da Quinta Biológica Bio Fontinhas)

Tapenade com planta do gelo (da Quinta Biológica Bio Fontinhas)

Tapenade com planta do gelo (da Quinta Biológica Bio Fontinhas)

Tapa de Camarão Picante com abacaxi e molho de manga (decoração com micro verdes de rabanete e hemmerocallis)

Tapa de Camarão Picante com abacaxi e molho de manga (decoração com micro verdes de rabanete e flor comestível)

Tapa de Camarão Picante com abacaxi e molho de manga (decoração com micro verdes de rabanete e flor comestível)

 

Workshops Fingerfood_Montijo e Sintra em flashback

Foi com muito agrado que aceitei o convite da DeBORLA para dinamizar este workshop na loja do Montijo no passado dia 30 de abril. A alegria foi a dobrar devido à presença de alguns elementos da minha família continental e de quatro queridos food bloggers que me proporcionaram uma tarde repleta de interação e diversão. Foi um prazer enorme ter estado com todos vós! Vejam então as entradas deliciosas que foram confecionadas!
(As micro-ervas e as flores foram patrocinadas pela Quinta do Ti Canoa)

workshop Fingerfood Montijo

workshop Fingerfood_Montijoworkshop Fingerfood_montijoworkshop Fingerfood_montijo

Mais fotos do workshop Montijo

No sentido de rentabilizar a minha ida ao continente, as Lojas DeBORLA convidaram-me para dinamizar um segundo workshop, desta vez na linda cidade de Sintra. A loja é fantástica e a cozinha fenomenal! Acreditam que na equipa da loja encontrei uma açoriana? A simpática Sónia Goulart, natural da ilha do Faial. Obrigada a todo o staff! *****estrelas.

workshop Fingerfood_Sintra

workshop Fingerfood_Sintra

workshop Fingerfood_Sintra

workshop Fingerfood_Sintra

workshop Fingerfood_Sintra

workshop Fingerfood_Sintra

workshop Fingerfood_Sintra

workshop Fingerfood_Sintra

workshop Fingerfood_Sintra

Mais Fotos do workshop Sintra

 

Foodwithameaning no Montijo e em Sintra

No próximo fim de semana, eu irei estar nas lojas DeBORLA do Montijo (no sábado) e de Sintra (no domingo) para dinamizar dois workshops subordinados ao tema Fingerfood.

Irão ser partilhadas receitas de entradas.  Desenvolverei, assim, receitas diversificadas de canapés com a colaboração de participantes do workshop.

A assistência, e os transeuntes que visitarem as lojas nessas tardes, também levarão consigo ideias para colocarem em prática em momentos festivos. Serão duas, ou talvez três, horas  repletas de interação e boa disposição.

Como já vem sendo habitual, decorrerá, no final de cada workshop, uma prova de degustação para todos os participantes inscritos e para os clientes da loja que compareçam para assistir aos workshops.

Poderão inscrever-se gratuitamente nos links abaixo:

http://www.deborla.pt/dia-30-fingerfood/ (Montijo)

http://www.deborla.pt/dia-01-fingerfood/ (Sintra)

 

Foodwithameaning_Fingerfood_Montijo

 

Foodwithameaning_Fingerfood_Sintra

Apaixonada por Finger Food em A Mesa dos 15

Quando organizo uma festa, penso de imediato nos salgadinhos e em receitas de confeção rápida. Por norma, escolho também miniaturas e canapés, porque dispensam que os convivas necessitem de lugar sentado com mesa associada. Costumo reservar uma mesa grande para os salgados e outra mais pequena para o bolo de aniversário e restantes doces. Foi assim os 15 anos do meu filho, numa festa direcionada para a família e amigos mais próximos.

Como poderão ver, através das fotos, foram indispensáveis as tábuas Gradirripas e as ardósias DeBORLA.

Convido-vos então a espreitarem as delícias confecionadas!
FingerfoodFingerfood_foodwithameaningFingerfood_foodwithameaningFingerfood_foodwithameaning Diapositivo5

Nesta última foto, as tábuas Gradirripas receberam o merecido destaque!

Lista das sugestões:

  • Sandes de pasta de queijo de ilha e manteiga
  • Aperitivos de pacote (batatas fritas, tiras-de milho, aperitivos de queijo)
  • Paiola fatiada (poderão adquirir na Loja Raminho de Salsa ( no Mercado Duque de Bragança)
  • Piza de massa fina de bacon, cogumelos e azeitonas
  • Piza de massa fina de chourição, cebola roxa e alcaparras
  • Folhado de queijo-creme com cebola-roxa, bacon e tomate-cereja
  • Folhado de atum com espinafres
  • Brigadeiros de queijo de ovelha com amêndoa em cama de crostini e doce
  • Paté de alheira com azeitonas pretas em cama de mini-tosta
  • mini-quiches de queijo e fiambre
  • rissóis de frango
  • almofadinhas de queijo
  • croquetes de carne
  • pastéis de bacalhau
  • mini-scones de presunto e queijo
  • profiteroles de atum, maionese, azeitona e ovo
  • mini corn-dogs (que não constam das fotos)

Prometo que irei partilhando as receitas!

 

E o mês de março começa com empadas e empadinhas

As empadas constituem um dos meus salgados favoritos. Estas podem ser grandes e ocupar uma assadeira inteira. Podem ser pequenas e ter imensos formatos. São petisco e são refeição, especialmente se forem acompanhadas de uma saladinha. Os ingleses adoram-nas e fazem-nas com variados recheios, sendo o mais famoso o de borrego, conhecida como Shepherd’s Pie.

Uma vez que este tema é tão apelativo, eu não pude de deixar de participar na edição do mês de março de Dia Um…Na Cozinha, totalmente dedicada às empadas. A minha sugestão recaiu nos legumes e no peixe. As sobras de ratatouille deram o mote e juntaram-se à latinha de atum em caldeirada, que se encontrava na prateleira do armário despenseiro a aguardar utilização.

As tábuas Gradirripas contribuíram sobremaneira para o destaque destas simples mas deliciosas empadas.

Et voilà, as  minhas Empadas de Ratatouille e Caldeirada de Atum!

empadas de ratatouille e caldeirada de atum

empadas de ratatouille e caldeirada de atum

Para o Ratatouille os ingredientes são os seguintes:

  • 1 pimento encarnado
  • 1 cebola
  • 1 beringela
  • 1 courgette
  • 2 tomates
  • 2 dentes de alho
  • 2 folhas de louro
  • Azeite
  • Sal
  • pimenta
  • tomilho fresco
  1. Colocar azeite a aquecer num tacho (o suficiente para um estufado).
  2. Picar 2 dentes de alho, e cortar os restantes legumes, num corte regular e do mesmo tamanho.
  3. Adicionar ao azeite a cebola, a beringela, o pimento e o alho. Juntar tomilho fresco, 2 folhas de louro e temperar com sal e pimenta.
  4. Cortar os tomates, eliminando as sementes, e adicionar a meio da cozedura. Por fim, adicionar a courgette. Ir mexendo e deixar cozinhar. Servir.
  5. Se preferirem fazer a receita no forno, poderão levar todos os ingredientes num tabuleiro ao forno e deixar assar entre 40 a 60 minutos.

Ingredientes para 8 empadas

  • 1 embalagem de massa folhada retangular
  • sobras de ratatouille
  • 1 lata de atum em caldeirada (marca Corretora)
  • gema de 1 ovo para pincelar
  • manteiga para untar as formas

Preparação das empadas

  1. Escolha formas de alumínio pequenas (as que utiliza para fazer queijadas)
  2. Unte as formas com manteiga derretida (utilizo um pincel)
  3. Faça círculos com uma forma ligeiramente maior do que o diâmetro das formas que irá usar.
  4. Forre a forma com o círculo de massa e pique o fundo com um garfo.
  5. Coloque metade da capacidade com pedaços de ratatouille ( legumes assados) e termine com uma colher de chá de caldeirada de atum.
  6. Com uma forma ciclíndrica mais pequena do que o diâmetro da forma onde a empada vai cozinhar (um cortador de bolachas redondo, por exemplo) corte as tampinhas da empada.
  7. Coloque uma tampa em cada empada e aperte os bordos da massa contra os bordos da tampa, selando a empada.
  8. Pincele com gema de ovo.
  9. Leve ao forno, pré-aquecido, a 200ºC cerca de 15 minutos, apenas com a resistência inferior. A 2 minutos do fim da cozedura, ligue a resistência superior.

 

empadas de ratatouille e caldeirada de atum

12545906_487750298074841_422959187_o

empadas de ratatouille e caldeirada de atum

empadas de ratatouille e caldeirada de atum

Logotipo Dia Um... Na Cozinha Março 2016

 

Corações Folhados com Morangos e Chantilly

Quando o Dia dos Namorados coincide com o fim de semana, acaba por ser ouro sobre azul. Quando esta data é ainda conjugada com um lindo dia de primavera antecipada, todos os astros se encontram alinhados! Desta forma, houve tempo para uma sobremesa especial, um clássico casamento de morangos com chantilly assente numa base folhada em forma de coração.

Corações Folhados com Morangos e Chantilly

Corações Folhados_foodwithameaning

 

Corações Folhados_foodwithameaning

 

Corações Folhados_foodwithameaning

Ingredientes para 27 corações

1 base redonda de massa folhada
1 cortador de bolachas em forma de coração
1 noz de manteiga
natas vegetais (refrigeradas)
açúcar em pó
aroma de baunilha
morangos

Preparação

1. Desenrole a massa folhada e com o cortador de bolachas faça corações.
2. Com um garfo, pique os corações cá e lá.
3. Pincele-os com manteiga derretida.
4. Leve ao forno pré-aquecido a 200 ºC durante 10 minutos com apenas a resistência inferior. A faltar dois minutos, ligue a resistência superior. Vigie.
5. Enquanto os folhados arrefecem, bata natas vegetais até ficarem firmes e adicione açúcar em pó e aroma de baunilha. Bata novamente. Adoce mais ou menos como gostar.
6. Coloque o chantilly num saco de pasteleiro com bico de estrela e desenhe pequenas rosas no centro do topo central do coração folhado. Termine com um pedaço de morango.

Corações Folhados_foodwithameaning

Corações Folhados_foodwithameaning

 

Corações Folhados_foodwithameaning

 

Corações Folhados_foodwithameaning

 

Corações Folhados_foodwithameaning

 

Corações Folhados_foodwithameaning