Gelado de Chocolate-Mousse

IMG_6593

 

Este gelado tem uma história caricata.

Não era para ser gelado.

Foi preparado para ser uma mousse que seria servida aos convidados no aniversário da minha filha. Porém, e como é habitual em dias de festa haver várias sobremesas, esta ficou simplesmente esquecida no frigorífico, até ser descoberta ao final da noite ao acomodarmos as sobras da festa. Lá estava ela na prateleira numa tigela de pé em cristal linda de morrer, mas que nessa noite não atingiu o estrelato. Esta mousse de chocolate acabou por ser a sobremesa do almoço do dia seguinte e transformou-se em gelado porque ao colocá-la num recipiente mais pequeno o meu filho inadvertidamente a colocou numa das gavetas do congelador em vez de na prateleira do frigorífico. O resultado está à vista. Resultou num gelado cremoso e irresistível.

3

6

Ingredientes

  • 400 g de chocolate de culinária Pantagruel
  • 12 ovos
  • 200 g de açúcar branco
  • 2 colheres de sopa, bem cheias, de manteiga com sal
  • 1 colher de sopa de aroma de baunilha

Preparação

  • Bater o açúcar, o aroma de baunilha e a manteiga com a batedeira até desaparecer o granulado do açúcar.
  • Juntar, de seguida, uma a uma, as gemas, continuando sempre a bater até se obter um creme esbranquiçado.
  • Adicionar o chocolate, previamente derretido em banho-Maria.
  • Bater as claras em castelo e adicioná-las aos poucos no preparado anterior.
  • Levar ao congelador de um dia para o outro.
  • Retirar do congelador 15 minutos antes de servir.
  • Acompanhar com amendoim tostado com mel e sal.
Anúncios

Pudim de Castanha

Com a mudança do horário de verão para o de inverno, os dias ganharam luz cedinho e perderam-na ao fim da tarde. Confesso que preferia manter o horário anterior, porque, desta forma, as tardes luminosas terminam às cinco da tarde, o que condiciona a reportagem fotográfica das receitas, já que prefiro que estas sejam captadas com luz natural. A única vantagem desta mudança de hora prende-se somente com o facto de termos passado a jantar e a deitar mais cedo.

Com a chegada dos dias mais curtos vai-se sentindo a antecipação do São Martinho. As castanhas, fruto eleito desta época, já estão disponíveis nas bancas dos mercados, e a vontade de comê-las aumenta. Como temos um castanheiro no nosso pomar, todos os anos somos brindados com castanhas. Apesar de a árvore ainda ser jovem, esta nunca nos desilude e dá-nos castanhas bem docinhas.

E que comece a comemoração do São Martinho com este pudim de castanha com um leve toque de chocolate!

Pudim de Castanha

Pudim de Castanha

Pudim de Castanha

Ingredientes

  • 4 ovos
  • 1 lata de leite condensado
  • 600 g de castanhas cozidas
  • 1 cálice de vinho do Porto
  • 500 ml de leite
  • 30 g de cacau em pó (usei 15 g)
  • Caramelo líquido

 

Preparação

Coza as castanhas, descasque-as e reduza-as a puré no copo do seu robô de cozinha ou com a varinha mágica.  Poderá utilizar parte do leite para que a tarefa fique facilitada.

Coloque todos os ingredientes, com exceção do caramelo líquido, num copo liquidificador, ou no copo do seu robô de cozinha, e misture tudo muito bem.

Deite o preparado numa forma para pudim, previamente caramelizada, e leve a cozer em banho-maria, em forno pré-aquecido, durante 50 minutos. Verifique a cozedura com recurso ao teste do palito.

Deixe arrefecer e leve ao frigorífico.

Retire do frigorífico cerca de meia hora antes de servir. Desenforme para um prato que suporte a calda de caramelo.

 

Eu servi o pudim neste maravilhoso prato de pé que adquiri nas Lojas DeBORLA. Sabiam que a coleção de Natal já está exposta na loja? Eu estive lá ontem e tive de me controlar para não trazer a loja comigo para casa!

Pudim de Castanha

Pudim de Castanha

Em modo aniversário…

Ao contrário de muitos adultos, eu adoro comemorar o meu aniversário. Há melhor razão para celebrar a vida, a família, os amigos, a saúde e o trabalho do que fazer e partilhar uma fatia de bolo? Apesar de a idade não ser apenas um estado psicológico, ao contrario do que muitas pessoas advogam, temos que saber aceitar a passagem dos anos com confiança e alegria. Com este intuito, pretendi que o bolo de aniversário fosse composto por alguns dos meus ingredientes favoritos. De imediato pensei que teria de ser um bolo de chocolate. Não havia volta a dar. E também teria ganache, de chocolate negro, claro. Onde incluiria o amendoim, já que sou fã deste fruto seco e da sua manteiga? E o leite condensado cozido? E o caramelo salgado? Cheguei a duvidar de tanta conjugação diferente, mas aos poucos o bolo foi ganhando forma, acabando por ser bastante representativo dos meus gostos.

Happy Birthday to Me!

 

Naked Cake de Chocolate e Manteiga de Amendoim com Caramelo Salgado

naked cake de chocolate e manteiga de amendoim com caramelo salgado

naked cake de chocolate e manteiga de amendoim com caramelo salgado

Ingredientes (para um bolo com duas camadas)

  • 140 g manteiga amolecida
  • 100 g  de cacau em pó
  • 300 g açúcar
  • 200 ml de leite
  • 250 g farinha
  • 1 ½ colher de chá fermento em pó
  • ½ colher de chá de bicarbonato
  • ½ colher de chá de sal
  • 4 ovos à temperatura ambiente
  • 1 colher de sopa de essência de baunilha

 

  1. Pré aqueça o forno a 180 ºC.
  2. Unte uma forma de 18 cm com manteiga. Forre o fundo com papel vegetal. Unte e enfarinhe.
  3. Numa tigela, bata o açúcar com a manteiga.
  4. Adicione os ovos. Bata novamente.
  5. Junte o cacau, a baunilha e o leite. Misture.
  6. Peneire juntos, e sobre a massa a farinha, o fermento, o bicarbonato e o sal. Vá envolvendo com uma espátula.
  7. Coloque na forma, untada e enfarinhada, e leve ao forno, a 180ºC, em forno previamente aquecido, entre 40-45 minutos. Não deixe cozer demais. Teste com um palito que ainda deve ter algumas migalhas agarradas.
  8. Deixe arrefecer e desenforme.

Notas:

  • Se pretender fazer um bolo de quatro camadas, como o da fotografia, repita esta receita.
  • Leve os dois bolos a cozer ao mesmo tempo, já que um forno convencional contempla duas formas lado a lado.

naked cake de chocolate e manteiga de amendoim com caramelo salgado

Recheio (para um bolo com duas camadas)

  • 1 lata de leite condensado cozido
  • 3 colheres de manteiga de amendoim

Numa tigela, bata o leite condensado cozido com a manteiga de amendoim até ficar um creme pronto a barrar. Barre cada camada.

 

Cobertura e decoração

  • 1 embalagem de Creamy-Home Style ( Classic Vanilla)- Poderá também utilizar a versão Buttercream desta marca
  • amendoins torrados salgados
  • caramelo salgado (ver a receita aqui)
  • pepitas de chocolate
  • pepitas de  manteiga de amendoim (marca Reese)
  • cones de gelado
  • ganache de chocolate (para os cones)- ver receita aqui
  •  licor de amora para pincelar as laterais do bolo, impedindo algumas migalhas de se misturem com o creme da cobertura.

 

Pincele o bolo com licor.

Bata o creme de baunilha dentro da própria embalagem.

Comece a barrar o bolo com recurso a uma espátula. Retire o excesso. Alise.

Molhe os bordos dos cones na ganache de chocolate. Encha-os com amendoins salgados. Posicione-os no bolo.

Decore com amendoins e pepitas várias.

Faça verter fios de caramelo salgado a gosto.

naked cake de chocolate e manteiga de amendoim com caramelo salgado

naked cake de chocolate e manteiga de amendoim com caramelo salgado

 

 

Mud Cake with Salted Caramel

Já devem ter percebido que gosto de desafios. Quem não testa as suas capacidades, não sabe até onde consegue ir. Cada workshop acaba por exigir bastante de mim, uma vez que sou autodidata e tenho de conjugar esta atividade com a minha profissão de professora.  Por isso, preciso de preparar-me bastante, de pensar em todos os pormenores e nuances das receitas, na apresentação final das mesmas e até nas possíveis questões que me venham a ser colocadas pelos participantes.

Montagem e decoração de Naked Cakes foi o tema escolhido para o workshop deste mês na loja DeBORLA da Terceira. Foram selecionadas três receitas de bolos diferentes: bolo de limão com lemon curd, bolo de especiarias com buttercream e bolo de chocolate com caramelo salgado. Partilho hoje convosco, e em primeiro lugar, a receita deste último, bem como a sugestão de apresentação do mesmo, uma vez que fui contactada por algumas pessoas que manifestaram interesse na receita.

Mud Cake with Salted Caramel

Mud naked cake

Ingredientes (para duas camadas)

  • 150 g manteiga amolecida
  • 100 g  de chocolate 70% picado
  • 300 g açúcar
  • 50g de cacau em pó
  • 180 ml Baileys Irish Cream Whiskey ou de leite
  • 280 g farinha
  • 1 ½ colher de chá fermento em pó
  • ½ colher de chá de bicarbonato
  • ½ colher de chá de sal
  • 3 ovos à temperatura ambiente

 

  1. Pré aqueça o forno a 180 ºC.
  2. Forre o fundo e a lateral de um forma de 22 cm com papel manteiga.
  3. Numa panela com fogo baixo coloque a manteiga, o chocolate, o açúcar, o licor ou leite e o cacau. Quando o chocolate e a manteiga derreterem retire do fogo e misture bem com um fouet até ficar bem liso. Deixe arrefecer um pouco.
  4. De seguida adicione os ovos desmanchados misturando bem com o fouet.
  5. Peneire juntos e sobre a massa a farinha, o fermento, o bicarbonato e o sal. Vá envolvendo com uma espátula.
  6. Coloque numa forma de alumínio de 18 cm sem buraco, untada e enfarinhada, e leve ao forno, a 180ºC, em forno previamente aquecido, entre 40-45 minutos. Não deixe cozer demais. Teste com um palito que ainda deve ter algumas migalhas agarradas.
  7. Deixe arrefecer e desenforme.

 

Notas Muito Importantes:

-Terá de fazer a receita a dobrar para formar um bolo com quatro camadas.

-Poderá forrar o fundo da forma com um círculo de papel vegetal, também untado e enfarinhado, para evitar que o bolo queim

– Se o bolo crescer mais no centro terá de cortar essa parte com o objetivo de nivelar a camada.

– Cada  bolo terá de ser cortado ao meio formando duas partes com a mesma altura. Use uma serrilha de corte em vez faca para obter um corte mais perfeito.

– Coloque um pouco de ganache em cima da base onde vai colocar o bolo, que funcionará como cola para a primeira camada.

– Recheie cada camada com ganache. Pincele as laterais do bolo com xarope de açúcar ou com mel diluído em licor para que ao barrar evite que migalhas se misturem com o creme.

– Leve ao frigorífico entre 30 a 60 minutos antes de barrar o exterior do bolo para que este estabilize ou insira no bolo uma coluna estabilizadora da Wilton ou, na falta, um ou dois palitos de espetada.

– Use a ganache que sobrar nas laterais do bolo e no cimo. Retire o excedente com uma espátula ou lâmina. (Usei uma lâmina dentada da Tescoma e uma base de decoração giratória para obter o efeito riscado).

mud naked cake

Cobertura e Recheio

Ganache de Chocolate (ou cobertura de chocolate de compra)

  • 200g  chocolate meio amargo picado
  • 100ml natas
  • 100ml Baileys Irish Cream
  • ¼ de colher de chá de sal
  1. Coloque o chocolate picado numa tigela de vidro.
  2. Leve as natas, o licor e o sal ao lume até começar a borbulhar nas laterais.
  3. Despeje sobre o chocolate e misture bem.
  4. Espere que arrefeça até ficar com uma consistência adequada para espalhar sobre o bolo.

 

Decore o bolo com chocolates vários e placas de caramelo. Termine com o delicioso caramelo salgado.

 

Caramelo Salgado

Ingredientes

  • 2 chávenas de açúcar
  • 1/2 chávena de chá de água
  • 170g de manteiga
  • 1 chávena de chá de natas
  • 1 colher de café de flor de sal
  1. Na panela, fora do lume, coloque o açúcar e 1/2 chávena de chá de água. Misture para incorporar o açúcar. Retire a colher. Ligue o lume médio e deixe a panela lá. NUNCA mexa! Se o fizer cristaliza a calda e não obterá o caramelo.
  2. Observe a calda de açúcar a até obter a  cor âmbar.  Junte a manteiga e misture com a colher. Assim que a manteiga estiver derretida retire a calda do lume. Prepare-se porque irá borbulhar bastante.
  3. Fora do lume, adicione as natas e o sal.
  4. Deixe arrefecer durante alguns minutos e depois transfira para um frasco de vidro.
  5. Guarde no frigorífico apenas quando o caramelo já estiver à temperatura ambiente.

Mud naked cake

Pão-de-ló de Chocolate a 4 mãos

Fico sempre muito feliz quando recebo visitas em casa, especialmente em tratando-se de família e em alturas de festas. Foi também este um dos motivos que me tem mantido um pouco mais afastada do blogue. Há que saber estabelecer prioridades e, neste caso, a família e compromissos vários assim obrigaram, mas, confesso, que foi uma pausa que me soube muito bem.

Esta sobremesa do post de hoje foi confecionada pela minha cunhada, restando para mim o papel de sous-chef e food-stylist, para apaziguar o desejo do pão-de-ló de chocolate que comi em Sintra, após o workshop que dinamizei na Loja DeBorla em maio passado. O resultado não poderia ser o mesmo, já que a receita do que comi se encontra nos segredos recônditos da pastelaria onde foi comprado. Contrariamente ao outro, resolvemos não colocar neste uma cobertura de ganache, para diminuir as calorias, mas ficou fofinho e delicioso.

(O cake stand tem a assinatura das lojas DeBORLA)

Pão-de-ló de Chocolate

pão de ló de chocolate_foodwithameaning

Ingredientes

  • 7 ovos
  • 2 chávenas de açúcar
  • 300 g de chocolate de culinária
  • 200 g de manteiga
  • 1  1/2 colheres de sopa de farinha com fermento
  • 1 colher de sopa de vinho do Porto
  • manteiga para untar a forma
  • gotas de limão

Preparação

  1. Bate-se a manteiga com o açúcar durante três minutos.
  2. Junta-se cada gema por sua vez, batendo entre adições.
  3. Derrete-se o chocolate em banho-maria ou no micro-ondas e adiciona-se ao preparado anterior.
  4. Junta-se o vinho do Porto.
  5. À parte, batem-se as claras em castelo com umas gotas de sumo de limão.
  6. Adiciona-se parte das claras e envolve-se com a farinha.
  7. Misturam-se as restantes claras.
  8. Unta-se  com manteiga uma forma de aro amovível. Forra-se  com papel vegetal, untando-se também o papel.
  9. Vai a cozer durante 20 minutos em forno previamente aquecido a 180ºC.

pão de ló de chocolate_foodwithameaning

Um dos Pudins desta Páscoa

Este pudim foi uma das sobremesas do nosso almoço de Páscoa. O facto de poder ser confecionado de véspera facilita imenso a gestão das receitas que terão de ser efetivamente elaboradas no próprio dia da festa. Caracteriza-se por ser uma sobremesa em camadas, muito parecida ao bolo de bolacha, mas desta vez na versão pudim com amêndoa torrada incorporada e decoração alusiva à Páscoa.

Pudim de Café com Amêndoa e Chocolate
Pudim de Café, Bolacha e Chocolate

Pudim de Café, Bolacha e Chocolate

Ingredientes

2 pacotes de natas (400 ml)- Novaçores

2 pacotes de bolacha Maria

100 g de miolo de amêndoa triturado e torrado

1 lata de leite condensado cozido

2 cálices de licor de café

2 chávenas de chá de café expresso

200 g de chocolate de leite com amêndoas para os ovos

chocolate branco  e chocolate negro (decoração)

 

Preparação

0. Torra-se a amêndoa no forno ou numa frigideira anti-aderente. Deixa-se arrefecer totalmente.

1. Batem-se dois pacotes de natas até estarem consistentes.

2. Junta-se o leite condensado cozido e bate-se novamente.

3. Adiciona-se o licor de café. Bate-se.

4. Faz-se o café expresso, uma chávena de chá cheia de cada vez.

5. Molham-se as bolachas de um lado e do outro no café rapidamente para que não fiquem moles. Colocam-se a escorrer num prato.

6. Coloca-se um pouco de creme no fundo de uma taça alta. Em cima do creme dispõem-se as bolachas escorridas e cobre-se com mais uma camada de creme. Faz-se o mesmo até se esgotarem as bolachas e o creme. Entre camadas, dispõem-se as amêndoas torradas.

7. Derrete-se o chocolate de leite e amêndoas em banho-maria ou no micro-ondas em períodos de 30 segundos, mexendo entre sessões. Coloca-se em formas de silicone com o feitio de metades de ovos de páscoa. Vai ao frigorífico cerca de uma hora, no mínimo.

8. Decora-se o pudim com com raspas e pedaços de chocolate negro e branco. Termina-se com os ovos de chocolate confecionados e com mais raspas de chocolate branco.

9. Vai ao frigorífico um mínimo de 6 horas antes de servir.

Pudim de Café, Bolacha e Chocolate

Pudim de Café, Bolacha e Chocolate

Simplesmente o MELHOR bolo de chocolate de SEMPRE…Brooklyn Blackout Cake

Brooklyn Blackout Cake

Brooklyn Blackout cake
Um verdadeiro vício para os fãs de chocolate é como posso caracterizar o Brooklyn Blackout Cake. Para além disso, é para mim o melhor bolo de chocolate de sempre, que destronou por completo o meu bolo pantagruélico, já de si também uma sumidade.
O Brooklyn Blackout Cake é um delicioso bolo em camadas, recheado com um tentador custard (pudim) de chocolate e polvilhado com migalhas do próprio bolo.
A prova está à vista! As gulosas quiseram logo deliciar-se com o pratinho da foto! E foram apanhadas em flagrante delito!
Brooklyn Blackout cake
Aceitei novamente, e com muito gosto, o desafio da Lia e da Susana e, com este bolo,  participo na 2ª edição do nosso “Sweet World“.
A Lia contou assim a sua história:
“Fundada em 1898 por George e Catherine Ebinger, proprietários de uma vasta e popular cadeia de lojas em Brooklyn, a Ebinger Baking Company desenvolveu este clássico americano durante a II Grande Guerra Mundial.
O seu nome deve-se aos apagões que a cidade se viu obrigada a praticar durante aquele que foi, sem dúvida, o período mais conturbado (e eu acrescentaria, vergonhoso) da história da humanidade.
Os apagões eram praticados para que, quando os navios de guerra partiam para as batalhas, não fossem detectados pelos aviões inimigos, sendo que, todas as luzes da cidade se apagavam e todas as janelas eram cobertas com material de cor preta.”
Depois da estória, o bolo sem o blackout (agora a cores)
Brooklyn Blackout Cake
Ingredientes para o recheio e cobertura:
  • 75g Maizena
  • 600ml leite gordo
  • 300g açúcar refinado amarelo
  • 1 colher sopa de golden syrup
  • 100g cacau em pó, peneirado
  • 1 colher chá de extracto de baunilha
  • 100g manteiga sem sal, cortada em cubos
Preparação
Misturar a Maizena com 1/3 do leite e mexer bem até obter uma mistura sedosa.
Num tachinho, mexendo sempre, levar ao lume o restante leite, juntamente com o açúcar, o golden syrup e o cacau, até levantar fervura e a mistura estar cremosa.
Adicionar a mistura da Maizena à mistura anterior, mexendo sempre até obter um custard espesso e cremoso.
Retirar o tacho do lume e adicionar a baunilha e a manteiga, mexendo até a manteiga derreter.
Despejar a mistura numa taça, cobrir a superfície do custard com película aderente e reservar.
Nota: Convém fazer este preparado com umas horas de antecedência para que possa arrefecer completamente.
Para o bolo:
  • 180g manteiga sem sal, cortada em cubos + extra para untar as formas
  • 300g açúcar refinado amarelo
  • 3 ovos médios
  • 1 colher chá de extracto de baunilha
  • 50g cacau em pó
  • 1 colher chá de fermento em pó
  • 1 colher chá de bicarbonato de sódio
  • 280g farinha
  • 200ml leite gordo

Preparação

Aquecer o forno a 190ºC e untar 2 formas de fundo amovível, com 20cm de diâmetro e 5cm de profundidade.
Peneirar os ingredientes secos para uma taça e reservar.
Bater a manteiga com o açúcar, até obter uma mistura cremosa.
Incorporar os ovos, um de cada vez, batendo bem entre cada adição.
Adicionar a baunilha, seguida dos ingredientes secos – metade de cada vez – batendo bem entre adições.
Finalmente adicionar o leite e combinar tudo muito bem.
Dividir a mistura pelas duas formas, alisando as superfícies e levar ao forno por 30 a 40 minutos, ou até que um palito inserido no meio de cada bolo saia limpo.
Retirar os bolos do forno, passar uma faca à volta dos bolos e deixar arrefecer nas próprias formas.
Quando frios, desenformar os bolos e cortá-los ao meio longitudinalmente, ficando assim com 4 discos.
Triturar um dos discos no robot de cozinha, reduzindo-o a migalhas e reservar.
Para montar o bolo, espalhar 1/4 do custard sobre uma das metades do bolo, cobrindo-o com a segunda metade de bolo.
Espalhar mais 1/4 do custard sobre o segundo bolo, cobrindo-o com a terceira metade de bolo.
Espalhar o restante custard por cima e dos lados do bolo todo e cobrir tudo com as migalhas reservadas.
Refrigerar o bolo por algumas horas e retirar do frigorífico cerca de 15 a 30 minutos antes de servir.
Brooklyn Blackout Cake
Uma tentação, não acham?