Caracóis doces de alfarroba e frutos secos… Dia Um…Na Cozinha

Tal como a Isabel Fernandes, uma das dinamizadoras do desafio Dia Um Na Cozinha, afirma o “outono é mesmo uma estação especial” porque se encontra associada  a ” tardes em casa ao som da chuva”, a “chocolate quente ou chá”, a “maratonas de filmes, a manta no sofá”, e a “forno ligado”, do qual ” exaltam odores inebriantes que inundam as cozinhas”. Por estes motivos todos, e mais alguns, a Isabel, autora do blogue Brisa Marítima, lançou, conjuntamente com a Aida e com o Paulo Herculano o tema “Pães Doces” para o desfile da 42ª edição do “Dia Um… Na Cozinha”. Foi com muito gosto de aceitei este desafio, após alguns meses sem conseguir participar.

Caracóis Doces de Alfarroba e Frutos Secos

caracóis doces de alfarroba

caracóis doces de alfarroba

caracóis doces de alfarroba

caracóis doces de alfarroba

Ingredientes

  • 1/2 chávena de margarina ou de manteiga sem sal (amolecida)
  • 100 ml de leite à temperatura ambiente
  • 150 ml de água morna
  • 1 saqueta de fermento Fermipan
  • 600 g de farinha T55
  • 60 g de farinha de alfarroba
  • 100 g de açúcar
  • 1 ovo
  • 1 colher de café de sal

Preparação

Aqueça a água a 37ºC  e junte-lhe o fermento. Misture. Deixe repousar 10 minutos.

Coloque as farinhas, o açúcar e o sal numa taça grande e faça um buraco no centro.

Junte o ovo e a manteiga e amasse. Vá juntando a água morna com o fermento reservada, amassando sempre. Termine com o leite e volte a amassar até que a massa fique uniforme e não se agarre à tigela.

Divida a massa em 12 pedaços iguais. Recorra à balança para ser mais preciso(a).

Enfarinhe uma superfície  e estique cada pedaço de massa fazendo uma tira que depois será achatada e enrolada com o formato de caracol.

Disponha os caracóis juntos num tabuleiro forrado com papel vegetal e deixe levedar cerca de 1 hora e meia a duas horas.

Pré-aqueça o forno a 200 ºC e leve os caracóis a cozer durante 25 minutos.

Ingredientes para a cobertura

  • açúcar em pó
  • água ou sumo de limão
  • 150 g de frutos secos (mix avelãs, caju, amêndoa, castanha do Brasil)

Preparação

Quando os caracóis tiverem arrefecido, disponha por cima destes os frutos secos, grosseiramente triturados na picadora. Poderá envolvê-los numa calda de açúcar idêntica à abaixo descrita e só depois dispô-los sobre os caracóis.

Numa taça, coloque algumas colheres de sopa de açúcar em pó e um pouco de água ou de sumo de limão. Misture muito bem até formar uma glace que corra em fio. Decore os caracóis com fios de glace. Espere que a glace seque ou delicie-se de imediato.

logotipo-dia-um-na-cozinha-novembro-2016

 

Anúncios

As especiarias em espiral…Dia Um…Na Cozinha

Os orégãos e os cominhos foram as minhas especiarias eleitas para a participação no desfile de dezembro de Dia Um…Na Cozinha, subordinado ao tema A Minha Especiaria. Com certeza, devem estar a estranhar uma receita de caracóis em pleno mês dezembro. Que coisa tão inusitada de facto, mas uma espiral de sabor.
Apesar de já ter publicado a receita no blogue Receitas ao Desafio, em 2013, todos os anos faço caracóis sempre que eles aparecem na peixaria do hipermercado. Cá em casa, nós somos todos muito apreciadores deste petisco, o que se deve essencialmente à Tasca do Rei dos caracóis, do meu amigo e colega de trabalho Helder, presença habitual nas festas da cidade de Angra do Heroísmo. O Helder viciou-nos nos caracóis e agora “obrigo-me” a confecioná-los quando o petisco apetece.
Caracóis_foodwithameaning
Tigela branca da Loja DeBorla
Prato cinza da Loja DeBorla
Esta é uma receita muito aromática, devido à presença dos cominhos, dos orégãos e dos coentros, que deve ser servida quente e com umas fatias de pão de água ou de milho. Uma sangria branca complementa exemplarmente este prato.
Ingredientes e Preparação
1. Compre um saco de caracóis. Lave-os muito bem em água corrente até ver que a água estava a sair limpa.
2. Verta um pouco de vinagre por cima dos caracóis  para ficarem entorpecidos e depois volte a passar por várias águas.
3. Deite os caracóis dentro de um tacho e cubra-os com água. Tape-os e deixe repousar durante 15 minutos.
4. Ligue o fogão no mínimo e espere que os caracóis  espreitem para fora da carcaça.
5. Coloque uma cebola partida a meio, 4 dentes de alho, um caldo de carne, orégãos secos, 1 folha de louro, uma colher de café de cominhos, um ramo grande de coentros, azeite e  sal.
6. Aumente o “lume” e deixe cozinhar meia hora.

caracóis_foodwithameaning

Tigela branca da Loja DeBorla
Prato cinza da Loja DeBorla

Gelado de amoras e frutos vermelhos

gelado de amoras e frutos vermelhos

Ingredientes para o gelado

200 g de amoras silvestres

100 g de frutos vermelhos

400 g de nata fresca

2 iogurtes naturais (ou iogurte grego)

250 g de açúcar

2 colheres de açúcar

raspa de lima

Ingredientes para o coulis de amoras e frutos vermelhos

50 g de amoras silvestres

50 g de frutos vermelhos

80 g de açúcar

meia folha de gelatina

1 colher de sopa de sumo de lima

1/3 copo de água

Preparação do gelado

1. No liquidificador tradicional, ou no copo da Bimby, triturei a fruta até ficar com pedacinhos muito pequenos.
2. Adicionei o açúcar. Marquei 1 Min. Vel. 5.

3. Com a batedeira, bati as natas até ficarem fofas. Adicionei-lhes os iogurtes e a fruta bem triturada. Misturei tudo muito bem com a batedeira.

4. Coloquei a mistura no congelador num recipiente com tampa.

5. Passada uma hora, retirei o gelado do congelador e mexi-o com uma colher de pau para destruir os cristais de gelo. Voltei a colocá-lo no congelador. Voltei a repetir este procedimento uma hora depois.

Preparação do coulis

1. Demolhei a gelatina durante 5 minutos numa tacinha com um terço de copo de água fria.

2. Coloquei os ingredientes no copo. Triturei na vel. 5-7-9 e programei 5 min, 100 C, vel. 2.

3. Juntei a gelatina espremida e misturei uns segundos na vel. 3.

Deixei arrefecer o coulis e na hora de servir verti-o sobre o gelado.

Acrescentei umas raspinhas de lima, que contrastaram na perfeição.

Dica: Gosto de adicionar algum coulis ao gelado na última vez que o mexo antes deste congelar totalmente. Tal como para o bolo mármore, risco o gelado com coulis, ficando assim com um efeito marmoreado.

gelado de amoras e frutos vermelhos

Se em vez de um gelado preferirem este petisco

Caracóis aromáticos
poderão consultar a receita no Receitas ao Desafio.