Um dos Pudins desta Páscoa

Este pudim foi uma das sobremesas do nosso almoço de Páscoa. O facto de poder ser confecionado de véspera facilita imenso a gestão das receitas que terão de ser efetivamente elaboradas no próprio dia da festa. Caracteriza-se por ser uma sobremesa em camadas, muito parecida ao bolo de bolacha, mas desta vez na versão pudim com amêndoa torrada incorporada e decoração alusiva à Páscoa.

Pudim de Café com Amêndoa e Chocolate
Pudim de Café, Bolacha e Chocolate

Pudim de Café, Bolacha e Chocolate

Ingredientes

2 pacotes de natas (400 ml)- Novaçores

2 pacotes de bolacha Maria

100 g de miolo de amêndoa triturado e torrado

1 lata de leite condensado cozido

2 cálices de licor de café

2 chávenas de chá de café expresso

200 g de chocolate de leite com amêndoas para os ovos

chocolate branco  e chocolate negro (decoração)

 

Preparação

0. Torra-se a amêndoa no forno ou numa frigideira anti-aderente. Deixa-se arrefecer totalmente.

1. Batem-se dois pacotes de natas até estarem consistentes.

2. Junta-se o leite condensado cozido e bate-se novamente.

3. Adiciona-se o licor de café. Bate-se.

4. Faz-se o café expresso, uma chávena de chá cheia de cada vez.

5. Molham-se as bolachas de um lado e do outro no café rapidamente para que não fiquem moles. Colocam-se a escorrer num prato.

6. Coloca-se um pouco de creme no fundo de uma taça alta. Em cima do creme dispõem-se as bolachas escorridas e cobre-se com mais uma camada de creme. Faz-se o mesmo até se esgotarem as bolachas e o creme. Entre camadas, dispõem-se as amêndoas torradas.

7. Derrete-se o chocolate de leite e amêndoas em banho-maria ou no micro-ondas em períodos de 30 segundos, mexendo entre sessões. Coloca-se em formas de silicone com o feitio de metades de ovos de páscoa. Vai ao frigorífico cerca de uma hora, no mínimo.

8. Decora-se o pudim com com raspas e pedaços de chocolate negro e branco. Termina-se com os ovos de chocolate confecionados e com mais raspas de chocolate branco.

9. Vai ao frigorífico um mínimo de 6 horas antes de servir.

Pudim de Café, Bolacha e Chocolate

Pudim de Café, Bolacha e Chocolate

E as sugestões de prendas para o Natal continuam…

Estas sugestões natalícias desfilaram no workshop realizado na Loja DeBORLA no dia 5 de dezembro. São, sem dúvida, algumas ideias para prendinhas personalizadas e económicas.

Bombons de Chocolate Branco
Bombons de Chocolate Branco

200 g de chocolate branco
folhas de papel vegetal
formas de bombons em silicone

1.Forrar tabuleiros com papel vegetal;

2.Colocar numa taça o chocolate partido em pedaços;

3. Colocar a taça no microondas, na potência máxima, por períodos de 30 segundos, até o chocolate estar completamente derretido e com um aspecto brilhante, mexendo sempre entre cada rotação (nunca fazer de uma só vez pois podemos alterar a consistência do chocolate); quem preferir. Em vez do microondas poderão derretê-lo em banho-maria;

4. Verter o chocolate derretido em cada forminha. Bater com a forma em cima de uma superfície lisa para eliminar bolhas de ar e evitar que o bombom fique com buraquinhos.

5. Levar ao frigorífico cerca de 60 minutos para solidificar.

Chá de Frutos Silvestres
Chá de Frutos Silvestres

Compota de Morango
Doce de Morango

• 750 g de morango
• 2 colheres (sopa) de sumo de limão
• 750 g de açúcar

1. Corte os morangos ao meio. Lave-os, retire-lhes os pés, e coloque-os numa panela.

2. Junte o sumo de limão e o açúcar, misture e leve ao lume brando, mexendo de vez em quando, ou até o morango soltar líquido.

3. Aumente depois o fogo e, quando começar a ferver, deixe cozinhar, mexendo de vez em quando, por mais 15 minutos.

4. Durante o cozimento, retire a espuma que se formar na superfície com uma escumadeira.

5. Verifique o ponto mergulhando uma espátula na compota, que deverá estar consistente, demorando a escorrer.

6. Retire do fogo, transfira para uma tigela e deixe arrefecer.

Doce de Uva, Canela e Cardamomo

Doce de Uva

• 3 kg de uva-de-cheiro sem grainhas
• 2 kg de açúcar branco
• 2 paus de canela
• 4 sementes de cardamomo esmagadas no almofariz

1. Lavar as uvas em várias águas até sair o pó ou alguma sujidade. Escorrer muito bem.

2. Cortar cada bago a meio e retirar as grainhas. Reservar.

3. Num tacho largo e alto colocar o açúcar, a uva e os paus de canela.
4. Deixar que levante novamente fervura. Baixar o lume para o mínimo.

5. Ao fim de cerca de hora e meia, juntar o cardamomo.

6. Deixar apurar até fazer ponto de estrada*

* atinge-se o ponto de estrada quando ao passar uma colher de pau no fundo da panela, ou na porção de doce que colocarmos num prato, se formar uma estrada que não se une de imediato.

7. Retirar os paus de canela.

8. Verter o doce ainda quente para frascos esterilizados. Fechar de imediato e virar os frascos ao contrário para que criem vácuo.

Licor de Amora e Uva-da-serra

Licor de amora e uva-da-serra

• 1/2 kg de amoras
• ½ kg de uva-da-serra/mirtilo
• 1 litro de aguardente
• 500 g de açúcar
• 1 litro de água

1. Coloca-se as amoras  e a uva-da-serra dentro de um frasco de vidro com a aguardente e deixa-se repousar num local escuro, durante 2 semanas.

2. Depois desse período de tempo, derrete-se o açúcar na água quente até fazer uma calda. Está pronto quando colocada um pouco de calda entre o polegar e o indicador faz uma espécie de fio.

3. Deixa-se arrefecer a calda e junta-se à mistura da aguardente e frutos silvestres.

4. Deixa-se repousar entre 1 a 3 meses antes de consumir.

5. Ao fim desse tempo, filtra-se tudo com a ajuda de um pano e verte-se para a garrafa definitiva.

Poderão encontrar esta garrafa na Loja DeBORLA mais perto de si.

Lollipops for Christmas

Estes lollipops de menta e chocolate branco surgiram porque tinha sobrado chocolate branco. Como eu pretendia fazer algo natalício, inicialmente pensei em utilizar as tradicionais bengalas de menta, mas não consegui encontrá-las no mercado. Para substituí-las pensei nestes rebuçados. Comecei por dispor os rebuçados em círculo e depressa começou a surgir uma flor. Na altura, desconfiei se os rebuçados ficariam solidificados no chocolate. Sempre pensei que quando fosse levantar o lollipop alguns rebuçados se desprendessem, mas isso não aconteceu em nenhum dos lollipops feitos.

Deixo-vos então esta ideia para a mesa do Natal ou para prendinha, especialmente se devidamente acondicionada em saquinho transparente, finalizado com um laçarote.

Lollipops de Menta e Chocolate Branco

Lollipops de menta e chocolate branco

Lollipops de menta e chocolate branco

Ingredientes

• 500g de chocolate branco
• rebuçados de menta
• paus de madeira
• folhas de papel vegetal

1.Forrar tabuleiros com papel vegetal;

2.Colocar numa taça de vidro o chocolate partido em pedaços;

3. Colocar a taça no microondas, na potência máxima, por períodos de 30 segundos, até o chocolate estar completamente derretido e com um aspecto brilhante, mexendo sempre entre cada rotação (nunca fazer de uma só vez pois podemos alterar a consistência do chocolate); quem preferir. Em vez do microondas poderão derretê-lo em banho-maria;

4. Dispor os paus de madeira nos tabuleiros e fazer um círculo com rebuçados de menta;

5. Com uma colher de sopa, preencher o vazio no centro do lollipop com chocolate branco derretido.

6. Levar ao frigorífico cerca de 60 minutos para solidificar.

Lollipops de menta e chocolate branco

lollipop de menta e chocolate branco

Mimos para a Mãe

Como vos disse no post anterior, o passado sábado foi dia de workshop no DeBorla-Terceira. Desta vez, esta iniciativa foi inteiramente dedicada às mães. Estiveram presentes algumas pessoas que conheci em workshops anteriores, e que têm repetido a experiência, e outras pessoas que tive o prazer de encontrar pela primeira vez. Como já vem sendo hábito, todas as participantes inscritas, e não inscritas, participaram no workshop de diversas formas: seguindo atentamente as instruções, ajudando na preparação das receitas, colocando questões, trocando impressões comigo e com as amigas que as acompanharam. Foi um fim de tarde de partilha de saberes e experiências na cozinha.

As sugestões de prendas para a mãe foram as seguintes:

Bombons de morango

bombons de morangobombons de morango

Bombons de morango

(100 g de chocolate rendem cerca de 12 bombons)

Partir uma tablete de chocolate branco aos pedaços; colocar o chocolate numa taça de vidro e levar a derreter em banho-maria ou no micro-ondas. Se optar por derreter o chocolate no micro-ondas, deverá respeitar intervalos de 30 segundos, mexendo sempre vigorosamente entre as sessões (3 no máximo)

Adicionar ao chocolate corante em gel e mexer até se obter cor uniforme.

Colocar a mistura em formas de silicone. Encher até 2/3. Colocar 2 ou 3 pedacinhos muito pequenos de morango fresco. Acabar de encher a forma. Agitar ligeiramente os bordos da forma para o chocolate assentar e serem libertadas possíveis bolhas de ar que tornarão o chocolate inestético.

Açúcar aromatizado

açúcar aromatizado com canela e cardamomo

Açúcar aromatizado com canela e cardamomo

Juntar 10 partes de açúcar para uma do aromatizante (baunilha, canela, cardamomo, anis, alfazema, etc.)

Pisar o produto aromatizante num almofariz (neste caso a canela e o cardamomo, este último já sem casca);  peneirar e guardar em frascos, em lugar seco, cerca de 10 dias antes da primeira utilização.

&

Beijinhos de amêndoa e côco

Beijinhos de amêndoa e côcoBeijinhos de amêndoa e côcoBeijinhos de amêndoa e côco

Beijinhos de amêndoa e côco

180 g de côco

140 g de amêndoa picada torrada

1 lata de leite condensado

Torrar a amêndoa ligeiramente (no forno ou na frigideira); deixar arrefecer totalmente.

Triturar a amêndoa no 1,2,3 ou no robô de cozinha até ficar em pó.

Misturar o côco, a amêndoa e o leite condensado muito bem.

Fazer bolinhas e envolvê-las em côco ralado simples ou colorido.

 

Dica:

Como colorir côco ralado em poucos minutos?

Colocar o côco dentro de um frasco, juntar um pouco de corante em gel, fechar o frasco e agitar muito bem até que a cor fique uniforme.

&

Esfoliante de açúcar mascavado, mel e lima

esfoliante de açúcar mascavado mel e lima

Esfoliantes

  • Esfoliante facial e corporal de açúcar, mel e lima

Misture 2 colheres de sopa de mel com 2 colheres de sopa de açúcar  e raspa de meia lima.
Passe sobre o rosto e/ou no corpo massajando com movimentos circulares.
Deixe agir por alguns minutos e enxague com água fria.

 

  • Esfoliante corporal de açúcar mascavado e azeite

Misture duas colheres de sopa de açúcar mascavado, duas colheres de sobremesa de  farelo de trigo, sumo de meio limão e duas colheres de sopa de mel ou de azeite.
Aplique no corpo com movimentos suaves e circulares massajando por 1 minuto. Enxague com água fria.

 

&

Sal aromatizado

sal aromatizadosal aromatizadosais e azeite aromatizados

Sais aromatizados

– Preparação em robô de cozinha

Receita 1.

No copo de um robô de cozinha, colocar 50gr de sal grosso, 1 colher de chá de piripiri, 1 colher de chá de pimenta preta moída ou em bagas, 2 folhas de louro, sem o veio central, grãos de mostarda, duas colheres de sobremesa de pólen, duas colheres de sopa de alho em pó e dois cravinhos. Pressionar o turbo três vezes e retirar do copo. Juntar 250gr de sal grosso e envolver. Colocar em frascos e guardar.

 

Receita 2.

No copo de um robô de cozinha, colocar 50gr de sal grosso, 1 colher de chá de pimenta rosa, 1 ramo de alecrim e outro de tomilho. Pressionar o turbo três vezes e retirar do copo. Juntar 250gr de sal grosso e envolver. Colocar em frascos e guardar.


– Modo tradicional
(em almofariz): esmagar as especiarias no almofariz; reservar; esmagar o sal até que fique  com a consistência desejada. Juntar tudo e envolver. Colocar em frascos e guardar.

 

Dica: poderão apenas triturar todos os ingredientes com os 50 g de sal inicial e não juntar o restante sal. Ficarão com um mix muito aromático para temperar carnes várias. Será então necessário conferir o tempero de sal posteriormente, quando estiverem a desenvolver a vossa receita.

&

Azeite aromatizado

azeite aromatizado

Azeites aromatizados

Receita 1.

Coloque dentro de cada frasco um dente de alho esmagado, uma folha de louro, uma colher de sopa de pimenta rosa, dois cravinhos e um pé de rosmaninho. Encha os frascos com azeite e deixa repousar umas 2 ou 3 semanas para incorporar melhor os aromas.

Receita 2.

Coloque dentro de cada frasco um dente de alho esmagado, uma folha de louro, malaguetas (piripiri), pimenta da Jamaica e folhas de manjericão. Encha os frascos com azeite e deixa repousar umas 2 ou 3 semanas para incorporar melhor os aromas.

 

Nota. Os recipientes para os sais, azeites e esfoliantes poderão ser decorados com fitas de cetim em forma de laço e com rótulos decorativos com a descrição do conteúdo dos frascos. Os bombons e os beijinhos poderão ser oferecidos em pequenas caixinhas decoradas com um laço de cetim.

 

Votos de uma Excelente Semana!

Patrícia

Receitas fáceis e divertidas para minichefs…e o que eu aprendi ontem com as crianças de hoje

Quando eu era criança, e talvez a partir dos meus sete anos de idade, os meus pais e a minha avó tinham o costume de me atribuírem tarefas. Prendiam-se sempre com coisas simples como fazer a cama, arrumar o quarto, ajudar a arrumar a loiça e limpar o pó. Responsabilizavam-me. Instruíam-me, mas deixavam-me aprender por tentativa-erro. Hoje, as crianças são demasiado protegidas em todos os aspetos. Os pais preferem que elas brinquem, mas eles próprios quase nunca as acompanham nas brincadeiras. A verdade é que as crianças são pequenos humanos cheios de potencial. Possuem uma capacidade de aprendizagem fascinante. Testam os nossos limites. Surpreendem-nos com as suas afirmações, que roçam por vezes o discurso de adultos. Veem televisão em excesso, interagem com demasiada tecnologia, acabando por não explorarem frequentemente as suas capacidades de resolverem problemas, de serem criativos e participantes.

Ontem, no workshop que dinamizei no DeBorla-Terceira, destinado a minichefs, fiquei deliciada com a capacidade de cooperação que existiu entre as crianças, com a vontade que manifestavam em participar em todas as tarefas, com o gosto que demonstravam em literalmente “meterem a mão na massa”. Penso ser de oportunidades deste e de outros géneros que a infância das crianças necessita. Acreditem que muitas competências são desenvolvidas neste tipo de iniciativas que implicam contacto humano: o saber ser, o saber estar, o saber ouvir, o saber executar, entre outras. O reforço positivo é muito importante tanto quando desenvolvem bem as tarefas como quando o produto final não fica tão bem. Estes workshops com as crianças são definitivamente os que me realizam mais pela sinceridade nos sorrisos e pelas nossas conversas entre receitas. Ainda ontem, uma das meninas participantes interveio assim por duas vezes: Sabes, eu tenho um cachorrinho. Ele é muito pequenino. Outra participante, e do nada, disse-me: Já morreram duas pessoas na minha família! Perante intervenções destas, não podemos ficar indiferentes, pois são as crianças que sentem necessidade de partilhar o seu pequeno-grande mundo. E no meio de bombons, bolachas, cupcakes, ninhos de ovos, muito açúcar e instruções, eu apreciei a honestidade, o riso genuíno,  a aprendizagem e a diversão. Foram duas horas non-stop.

Obrigada a todos os participantes e às mães, pais e avós que assistiram atentamente ao desenrolar das receitas e que iam puxando do pacote de toalhitas sempre que ocorria uma emergência em forma de creme ou de chocolate.

Se desejarem espreitar as fotos do workshop, estas encontram-se neste link:

https://www.facebook.com/patricia.foodwithameaning/media_set?set=a.650748045057260.1073741832.100003662128130&type=1&pnref=story

&

Como alguns pais me têm solicitado as receitas para as executarem com os seus filhotes, partilho também convosco estas sugestões fáceis e divertidas subordinadas ao tema da Páscoa.

  • Ninhos de Ovos

Derrete-se chocolate de leite numa tigela de vidro média (30 seg+30 seg); adiciona-se cornflakes e mexe-se com uma colher; dispõe-se esta mistura em formas de papel de queijadas, fazendo uma pequena covinha no meio (sem fazer buraco) de forma a imitar um ninho. Colocam-se três amêndoas em cada ninho. Leva-se ao frigorífico a solidificar cerca de meia hora.

diapositivo113

  • Ovos de Chocolate de leite e Amêndoas

Derrete-se chocolate de leite e/ ou chocolate branco numa tigela de vidro média (30 seg+30 seg); enchem-se forminhas de silicone em forma de ovo da Páscoa; leva-se ao frigorífico cerca de uma hora; desenformam-se e colam-se as duas metades de ovo com um pouco de chocolate derretido.

Diapositivo4

  • Coelhinhos de Bolacha decorados com glacê real e missangas

Fazem-se as bolachinhas com um cortador em forma de cara de coelho.

Ingredientes para as bolachas: 130 g de manteiga; 150 g de açúcar, 2 gemas; 400 g de farinha sem fermento; raspa de limão ou de laranja; 3 colheres de sopa de leite.

Prepara-se o glacê real, adicionando a uma clara de ovo 300 g de açúcar em pó e umas gotas de sumo de limão. Separa-se numa tigela a porção necessária na qual irá ser aplicado o corante.

Coloca-se as glaces em sacos de pasteleiro e decora-se a bolacha começando pelos contornos exteriores e pelas zonas que serão preenchidas por cor diferente.

Diapositivo3

  • Lollipops de Chocolate Branco com motivos de Páscoa

Derrete-se chocolate branco numa tigela de vidro de tamanho médio (30 seg+30 seg); coloca-se um pau de madeira em cada molde; preenchem-se os moldes com motivos de Páscoa. Leva-se ao frigorífico a solidificar cerca de uma hora.

Diapositivo8

Bombons em forma de coelho e de pintainhos

Derrete-se chocolate de leite numa tigela de vidro de tamanho médio (30 seg+30 seg); enchem-se as formas de silicone e leva-se ao frigorífico a solidificar cerca de uma hora. Poder-se-ão espetar pauzinhos de chupa-chupa em cada forminha, transformando os bombons em lollipops, que, por sua vez, poderão ser espetados numa base de esferovite dentro de um recipiente.

Diapositivo5

  • Cupcakes cesta de Páscoa

Diapositivo2

Fazem-se queques de baunilha, de laranja ou de limão.

Ingredientes para os queques: 1 chávena e um quarto de farinha com fermento; uma colher de chá de fermento para bolos; uma colher de café de bicarbonato de sódio; uma colher de sobremesa de aroma de baunilha; meia chávena de óleo vegetal; meia chávena de leite; 2 ovos médios; uma pitada de sal e uma colher de café de vinagre. Batem-se estes ingredientes durante um minuto com a batedeira. Verte-se o preparado para forminhas de papel em forma de alumínio de queques. Encher apenas até 2/3 da forma. Coze em forno pré-aquecido entre 15 a 20 minutos, a 200 °C, apenas com a resistência inferior ligada.

Mistura-se corante alimentar verde ao creme para barrar bolos (de compra). Coloca-se o creme num saco de pasteleiro e desenha-se todo o diâmetro do queque com este creme. Insere-se no queque uma goma cilíndrica comprida que funcionará como asa decorativa. Preenche-se o centro da cesta com drops em forma de frutas, com amêndoas ou com pequenos ovos de chocolate.

Diapositivo1Diapositivo3Diapositivo1

Votos de uma Santa Páscoa para todos!

Ebony and Ivory

O Dia de São Valentim aproxima-se. É já sábado. Apesar de este ano o dia coincidir com o Carnaval, não há motivo para não se festejar ambas as tradições em pleno. Se for o tipo de pessoa mais pacata, e não apreciar as tradições carnavalescas dos bailes de máscaras, dos desfiles trapalhões ou das cansativas e repetitivas músicas desta época, tem sempre a possibilidade de ir para a cozinhar preparar um miminho especial para a sua cara-metade como demonstração de afeto. Os Bombons são a minha sugestão para este ano. Optei por uma dupla de chocolate negro e chocolate branco, ao jeito ebony and ivory. Desta forma elimina-se o perigo de não se agradar a todos. Poderão também optar por confecioná-los com chocolate de leite. Nestas coisas a imaginação é o limite.

Bombons de chocolate negro e licor de amora & Bombons de Chocolate Branco e Licor de Anona

Bombons

Ingredientes para 15 unidades de cada tipo de chocolate

2oo g de chocolate meio-amargo

200 g de chocolate branco

2 colheres de chá de manteiga

1 colher de sopa de licor de amora (típico da ilha do Pico)

1 colher de sopa de licor de anona (típico da Ilha da Madeira)

Modo de Preparação

1. Partir cada chocolate em taças separadas. Pode fazê-lo ainda com o pacote fechado, batendo com este no tampo da bancada. Assim evita suar as mãos.

2. Levar ao micro-ondas cada taça separadamente por períodos de 30 segundos. Mexer muito bem com uma colher e voltar a levar ao micro-ondas mais 30 segundos. Misturar novamente muito bem. Se necessário, voltar ao micro-ondas.

3. Juntar uma colher de chá de manteiga em cada taça. Na taça do chocolate negro, adicionar uma colher de sopa de licor de amora. Na taça de chocolate branco, adicionar uma colher de sopa  de licor de anona. Voltar a misturar bem os ingredientes.

4. Verter para formas de silicone variadas. Não encher demasiado. Com uma colher afagar a mistura para o chocolate assentar em todas as partes das formas. Tenta-se assim evitar que se criem bolsas de ar que resultarão posteriormente em pequenos orifícios inestéticos. Alise a superfície do chocolate raspando com uma faca de corte no sentido do comprimento da forma. Bater com a forma na bancada para ajudar a assentar o chocolate.

5. Levar ao frigorífico até solidificar (um mínimo de duas horas). Desenformar e servir à temperatura ambiente.

bombons

E para celebrar o Amor, nada melhor do que uns corações negros, nome pelo qual são conhecidos estes frutos cá na ilha, cortados a meio e comidos à colher. Achei estes dois tão bonitos por terem a forma de coração bem definida. Muito apropriados para a ocasião. E, de repente, recordo uma postagem do meu amigo Joel Neto, cujo texto vale mesmo a pena ler.

Deixo-vos o link: http://www.joelneto.com/morrer-de-amor-424673

coração negro_anona
Bombons

Links de São Valentim:
https://foodwithameaning.wordpress.com/2014/02/14/costela-de-adao-em-dia-de-sao-valentim/
https://foodwithameaning.wordpress.com/2013/02/14/be-my-pink-cookie-heart/

Ninhos de ovos feitos a quatro mãos…. Votos de uma Doce Páscoa!

Ontem a minha filha chamou-me à cozinha e disse: -Mãe, vem ver o meu blogue!

Eu fiquei pasmada quando cheguei à bancada e vi um pano da loiça bordado, que ela tinha ido buscar à gaveta,  com quatro maçãs dispostas em cada ponta do pano e quatro morangos selvagens no centro.

– Preciso da máquina, depressa! – afirmou com altivez, como se as maçãs e os morangos se fossem dissipar a qualquer momento.

– Vai buscá-la, sim? Eu fui, claro. Era urgente. Deixei que ela tirasse algumas fotografias e, depois, tirei eu outras. Ficou assim registado o momento.

– É a nossa sobremesa. Somos quatro. O outro morango comi-o, pois não precisávamos dele, certo?

Achei imensa graça  a esta iniciativa. Mostra que os nossos filhos aprendem mais através da imitação dos nossos comportamentos do que através das nossas palavras.

Depois disto, propus-lhe um art-attack. Ela adora estas iniciativas conjuntas.

Estava decidido, iríamos fazer ninhos de ovos nesta Páscoa.

Diapositivo2

 Diapositivo2

Ingredientes

2 tabletes de chocolate de leite (usei marca Continente)
muesli ou cornflakes a gosto para envolver o chocolate
amêndoas a gosto
forminhas de queijada (em papel vegetal)

Preparação

Fomos buscar ao armário despenseiro duas tabletes de chocolate de leite, com 100 g cada, partimos o chocolate aos pedaços para dentro de uma tigela e levámos ao micro-ondas com intervalos de 30 segundos, evitando que o chocolate queimasse.

Nota.É importante nunca deixar que o chocolate derreta todo. Por norma, devemos deixar alguns pedaços ainda consistentes para que ao mexer com a colher se proceda à união entre as duas temperaturas do chocolate: o já derretido e o ainda sólido.

Adicionámos o muesli e, com uma colher, envolvêmo-lo no chocolate até estar tudo muito bem misturado.

Dispusemos duas colheres de chá desta mistura em cada forminha de queijada e com a colher demos a forma de ninho.

Colocámos as amêndoas no centro do ninho.

Levámos ao frigorífico a solidificar cerca de meia hora.

Estão prontos os ninhos.

Diapositivo1

Votos de uma Páscoa muito feliz!

Diapositivo1