Arancini…e as experiências italianas continuam cá por casa

Os arancini são um produto tradicional da culinária da ilha da Sicília, na Itália. Consistem num pastel de arroz frito recheado com um molho de carne picada. Por vezes, é também preenchido com molho de tomate, queijo, ervilhas ou outros ingredientes como frutos secos: tomate, pistácios, etc. O nome arancino é derivado da palavra italiana arancia, que significa laranja, devido à sua semelhança com este fruto.

O arancino foi inspirado pelos árabes, que habitaram a região e consumiam arroz e açafrão, com ervas e carne. A parte panada foi introduzida na corte de Frederico II, como forma de conservar durante mais tempo o alimento, quando fosse necessário transportá-lo, em viagem, na caça ou no trabalho no campo.

Em Palermo, celebra-se anualmente o dia de Santa Luzia, em 13 de dezembro, sendo tradicional o consumo de arancini com vários recheios e formas.

Tradicionalmente, o arroz é cozido e depois misturado com manteiga e queijo pecorino, devendo em seguida ser arrefecido numa tábua de mármore. Depois, os pastéis são moldados com a forma desejada, colocando-se no meio uma porção do recheio a gosto. Por fim, são passados por farinha (facultativo), ovo batido e pão ralado, ficando assim prontos para serem fritos. Em Palermo, é comum usar-se açafrão para conferir uma tonalidade dourada ao arroz.

Muitas vezes, os arancinis são feitos com sobras de risotto, como foi o caso deste, que foi confecionado de acordo com  a receita de risotto de chouriço publicada recentemente.

1

Retirei do frigorífico as sobras de risotto e moldei bolas com o tamanho de brigadeiros. Se a massa estiver a agarrar muito nas mãos, o que normalmente não acontece se o arroz estiver frio ou refrigerado, pode molhar as mãos com água para facilitar.

Depois de feitas as bolinhas, bata um ovo inteiro com um garfo e passeos aracini pelo ovo e de seguida por pão ralado. Se o arroz não estiver muito consistente, convém passar as bolas por farinha, antes de passar pelo ovo.

Frite em óleo bem quente e abundante, para que as bolinhas fiquem cobertas e não em contacto com o fundo do tacho. Passado poucos segundos depois de serem mergulhadas no óleo, ficam a boiar e rapidamente douradas.

Retire-as com uma escumadeira e coloque-as a escorrer em papel de cozinha.

Sirva os arancini com molho de tomate, aioli ou molho de iogurte.

Acompanhei com aioli e com rodelas finas de kumquat. Este citrino casou muito bem com o risotto de chouriço, conferindo frescura.

Para fazer o  molho aioli,  separe as gemas das claras dos ovos.

Assim que tiver as gemas separadas, acrescente os alhos picados e o sal a seu gosto.

Assim que tiver todos os ingredientes no mesmo recipiente, tem que mexê-los até que consiga uma massa uniforme.
Adicione o azeite. Para isso, primeiro tem que deixar cair gota a gota e ir aumentando a quantidade de azeite até que por fim consiga a consistência desejada.
4
3
5

Uma entrada surpreendente…flores de hóstias com salmão

As Prawn Crackers são um aperitivo chinês muito apreciado. Este consiste em camarão sob a forma de rodelas duras e translúcidas, parcialmente cozidas a vapor e secas no forno, fabricadas a partir de amido, água, sal, açúcar (cerca de 4 %), camarões (cerca de 5 %) e intensificadores de sabor. Costuma ser presença obrigatória nos restaurantes chineses, servindo de acompanhamento. Com o intuito de utilizar as hóstias como entrada, uma das sugestões do workshop que dinamizei sobre Tapas Gourmet, conferi-lhes outra roupagem, através da sua combinação com salmão fumado e queijo creme. Ninguém resistiu à junção dos diferentes elementos, nesta entrada que para além de fácil e saborosa recebeu desta forma um toque mais gourmet.

Hóstias de camarão com salmão fumado

Hóstias de Camarão com queijo creme, truta salmonada e cuca melon (micro pepino da Quinta do Ti Canoa)

Ingredientes:

  • Hóstias de camarão (1 embalagem de Prawn Crackers)
  • Óleo para fritura (de pref. de amendoim)
  • Salmão fumado
  • Ovas de salmão ou de esturjão (caviar)
  • 1 embalagem de queijo creme
  • Raspa e sumo de lima
  • Rama de funcho ou de endro
  • Cebolinho 

Coloque uma quantidade considerável de óleo de amendoim ou de girassol no wok ou na fritadeira e aqueça-o  até atingir 170ºC.

Insira as rodelas de prawn crackers no óleo quente e quando elas vierem à superfície (já crescidas e brancas) retire. Se demorarem muito tempo no fundo da fritadeira é sinal que o óleo não registava a temperatura adequada.

Coloque as hóstias sob papel absorvente e sirva de seguida. Se utilizar as prawn crackers como base para tapa, como acontece nesta receita, deixe-as arrefecer ligeiramente antes de as rechear.

 

Recheio:

Sugestão 1.

Misture uma embalagem de queijo creme com raspa e sumo de lima a gosto. (Se adicionar uma colher de sopa de queijo creme de alho e ervas enriquecerá o sabor).

Coloque uma colher de chá de recheio no centro da hóstia e faça assentar no centro rolinhos de salmão fumado, abrindo ligeiramente o rolinho para simular uma rosa. Termine com um raminho de funcho ou de endro.

ou

Sugestão 2.

Coloque o recheio num saco de pasteleiro com bico redondo. Corte tiras de salmão fumado e recheie-as em todo o comprimento com o creme de queijo. Enrole e dê um nó com cebolinho. Assente um rolinho em cada hóstia de camarão e termine com um raminho de funcho ou de endro.

Hóstias de Camarão com queijo creme, truta salmonada e cuca melon (micro pepino da Quinta do Ti Canoa)

(da apresentação também fazem parte metades de micro-pepino cuca melon)

E do velho se fez novo… Falafel com Atum


Os Falafel são bolinhos vegetarianos originários do Medio Oriente, cujo ingrediente principal é o grão-de-bico. Fi-los para o workshop ‘Tapas Gourmet’, que dinamizei este mês de agosto na Loja DEBORLA da ilha Terceira, como poderão ver aqui. Hoje, trago uma versão diferente, com atum, como aproveitamento de dois lombos de atum que assei no forno, cujo tempero seguiu esta receita de cavala, que se encontra sempre no top ten das receitas mais visualizadas do blogue. No frigorífico havia também sobras de grão e de batata, de uma refeição de bacalhau-com-todos. E porque sou totalmente contra o desperdício, do velho se fez novo!

Falafel com Atum

Falafel com Atum

Falafel com Atum

Poderão encontrar esta e outras ardósias de servir nas lojas DeBORLA.

Micro pepinos originários da Quinta Biológica do TiCanoa

 

Falafel de Atum com Cuca Melon

Ingredientes

  • 2 lombos de atum assado no forno (300 g aprox.)
  • 200 g de grão de bico cozido
  • 200 g de batata cozida
  • 150 g de farinha T65 + para polvilhar as mãos
  • 1 colher de chá de fermento Royal
  • 1 cenoura raspada
  • 1 ovo
  • 1 cebola média
  • moinho de 5 pimentas
  • sal
  • salsa picada
  • cebolinho picado
  • óleo ou azeite para fritar

Preparação

  1. Coloque a cebola num robot de cozinha e triture finamente.
  2. Junte as postas de atum, o grão e a batata cozida e triture bem.
  3. Adicione o ovo, a cenoura raspada, a farinha, o fermento e misture bem.
  4. Termine com a salsa, o cebolinho, o sal e a pimenta. Envolva bem.
  5. Polvilhe as mãos com farinha e faça os falafel de atum do tamanho que entender.
  6. Leve a fritar em óleo quente.
  7. Sirva com maionese e com salada. (Servi com pequenos pepinos crocantes, denominados Cuca Melon).

Falafel com Atum

Falafel com Atum

 

 

 

Workshop Tapas Gourmet… na loja DeBORLA da Terceira

Ontem à tarde, dinamizei, na loja DeBORLA da Terceira, um workshop intitulado Tapas Gourmet. Apesar do calor que se fazia sentir, as diferentes sugestões de tapas foram sendo elaboradas com a ajuda preciosa dos participantes, que se voluntariaram para a execução das diversas receitas. Foi uma tarde Non-Stop à qual se seguiu a prova de degustação dos pratos confecionados.
Obrigada à empresa DeBORLA por confiarem neste meu gosto pela cozinha!

Gostaria também de agradecer aos proprietários da Salsicharia Tradicional Bísaro, sediada na aldeia de Gimonde, em Bragança, pela cedência de diverso fumeiro para degustação no workshop; ao amigo Avelino Ormonde, proprietário da Quinta Biológica Bio-Fontinhas por ter disponibilizado a planta do gelo e flores comestíveis; são sempre enriquecedores os momentos que passo com o Avelino e sua esposa; aprendo imenso com eles em termos de cultura biológica, variedade de plantas e seus benefícios.

Deixo um agradecimento muito especial ao meu vizinho Rodrigo Silva, proprietário da Quinta Biológica Ti Canoa, por me ajudar a enriquecer os workshops com apontamentos diferentes, desta vez materializados nas flores comestíveis, nas amoras, nos micro verdes de rabanete e de manjericão e no cuca melon (micro pepino), que acompanhou exemplarmente a entrada de truta salmonada, acrescentando-lhe ainda mais crocância, cor e sabor.

Partilho então convosco as fotos que tirei das tapas confecionadas.

&

Blinis com Anko (paté de feijão Azuki) com fumeiro da Salsicharia Transmontana Bísaro, nectarina e amora (da Quinta do Ti Canoa)

Colheres de massa folhada com paté de cavala e tomate seco com topping de anchova e micro manjericão

Colheres de massa folhada com paté de cavala e tomate seco com topping de anchova e micro manjericão

Colheres de massa folhada com paté de cavala e tomate seco com topping de anchova e micro manjericão

Falafel com maionese e kumquat

Falafel com maionese e kumquat

 

Falafel com maionese e kumquat

 

Fumeiro (lombinho, cachaço e salpicão) da Salsicharia Tradicional Bísaro com micro manjericão verde e roxo da Quinta do Ti Canoa

Fumeiro (lombinho, cachaço e salpicão) da Salsicharia Tradicional Bísaro com micro manjericão verde e roxo da Quinta do Ti Canoa

Fumeiro (lombinho, cachaço e salpicão) da Salsicharia Tradicional Bísaro com micro manjericão verde e roxo da Quinta do Ti Canoa

Hóstias de Camarão com queijo creme, truta salmonada e cuca melon (micro pepino da Quinta do Ti Canoa)

Hóstias de Camarão com queijo creme, truta salmonada e cuca melon (micro pepino da Quinta do Ti Canoa)

Hóstias de Camarão com queijo creme, truta salmonada e cuca melon (micro pepino da Quinta do Ti Canoa)

Tapenade com planta do gelo (da Quinta Biológica Bio Fontinhas)

Tapenade com planta do gelo (da Quinta Biológica Bio Fontinhas)

Tapenade com planta do gelo (da Quinta Biológica Bio Fontinhas)

Tapa de Camarão Picante com abacaxi e molho de manga (decoração com micro verdes de rabanete e hemmerocallis)

Tapa de Camarão Picante com abacaxi e molho de manga (decoração com micro verdes de rabanete e flor comestível)

Tapa de Camarão Picante com abacaxi e molho de manga (decoração com micro verdes de rabanete e flor comestível)

 

Apaixonada por Finger Food em A Mesa dos 15

Quando organizo uma festa, penso de imediato nos salgadinhos e em receitas de confeção rápida. Por norma, escolho também miniaturas e canapés, porque dispensam que os convivas necessitem de lugar sentado com mesa associada. Costumo reservar uma mesa grande para os salgados e outra mais pequena para o bolo de aniversário e restantes doces. Foi assim os 15 anos do meu filho, numa festa direcionada para a família e amigos mais próximos.

Como poderão ver, através das fotos, foram indispensáveis as tábuas Gradirripas e as ardósias DeBORLA.

Convido-vos então a espreitarem as delícias confecionadas!
FingerfoodFingerfood_foodwithameaningFingerfood_foodwithameaningFingerfood_foodwithameaning Diapositivo5

Nesta última foto, as tábuas Gradirripas receberam o merecido destaque!

Lista das sugestões:

  • Sandes de pasta de queijo de ilha e manteiga
  • Aperitivos de pacote (batatas fritas, tiras-de milho, aperitivos de queijo)
  • Paiola fatiada (poderão adquirir na Loja Raminho de Salsa ( no Mercado Duque de Bragança)
  • Piza de massa fina de bacon, cogumelos e azeitonas
  • Piza de massa fina de chourição, cebola roxa e alcaparras
  • Folhado de queijo-creme com cebola-roxa, bacon e tomate-cereja
  • Folhado de atum com espinafres
  • Brigadeiros de queijo de ovelha com amêndoa em cama de crostini e doce
  • Paté de alheira com azeitonas pretas em cama de mini-tosta
  • mini-quiches de queijo e fiambre
  • rissóis de frango
  • almofadinhas de queijo
  • croquetes de carne
  • pastéis de bacalhau
  • mini-scones de presunto e queijo
  • profiteroles de atum, maionese, azeitona e ovo
  • mini corn-dogs (que não constam das fotos)

Prometo que irei partilhando as receitas!

 

Entradas e Petiscos

No sábado passado, a loja Raminho de Salsa, situada no Mercado Duque de Bragança, abriu as suas portas a uma prova de Entradas e Petiscos. Abaixo encontram-se as iguarias que preparei para o evento.
Todos os produtos foram patrocinados pela Loja Raminho de Salsa, com exceção dos micro verdes de rabanetes – Daikon(verde), China Rosa(talo rosa) e Rambo(roxo), patrocinados pela Quinta do Ti Canoa– utilizados na decoração das tostas melba e do presunto- e dos germinados de alho-francês, topping do paté de veado, cedidos pela marca Verde Vivo.

Às onze começaram a chegar os primeiros participantes, que circularam pela loja e tomaram contacto com uma série de produtos diferentes dos habituais que se encontravam nos expositores: queijos de origens diversas; patés de veado, perdiz e javali; algas desidratadas, entre outros, que poderão ver fotografados na página de facebook da loja. De seguida, procedi à explicação da constituição de cada entrada, identificando ingredientes utilizados e modo de preparação.

Terminada a apresentação das diversas sugestões, que se encontravam divididas por duas mesas, todos os participantes e clientes da loja tiveram a possibilidade de saborear os acepipes, os queijos e os enchidos. Foi servido como acompanhamento vinho tinto Quinta Vale D’Aldeia.

cartazdevidamente acompanhados po

Proprietários da Loja Raminho de Salsa000Diapositivo2

Brigadeiros de Queijo de Ovelha

Diapositivo5Diapositivo3

 

Bruschettas de Presunto

Diapositivo7Diapositivo9

 

Acepipe de Pão Preto com Queijo Vaquinha e Chouriça

Diapositivo10Diapositivo11

 

Paté de Alheira

Diapositivo13Diapositivo12

 

Paté de Veado com germinados de alho-francês

Diapositivo15Diapositivo14

 

Tostas melba com queijo de cabra e doce de figo/ doce de framboesa

Diapositivo17Diapositivo16

Mesa de queijos e enchidos

Diapositivo25

Paiola fatiada

Diapositivo20

Salpicão fatiado

Diapositivo23Diapositivo21

 

Presunto fatiado

Diapositivo190000

Nota: A loja Raminho de Salsa aceita encomendas de tábuas de enchidos (ver contacto no cartaz do evento)