Salada de baby-leaf, salmão fumado, feta e amêndoa

Este é um exemplo de uma salada que por si só é uma refeição completa, que se enquadra em todos os contextos e ambientes. Para além disso, é de fácil preparação. Por ser muito fresca, é ideal para dias de verão, altura em que as ementas se querem rápidas e despretensiosas. Afinal, há que aproveitar uns dias de descanso, sol, campo e mar. Se esse não for o caso, esta salada é igualmente uma ótima sugestão para levar na marmita para o trabalho.

Experimentem-na e digam se a salada também vos surpreendeu!

17


Salada Baby-leaf com salmão fumado, nozes e queijo feta

Ingredientes

  • Mistura de folhas para saladas (alface, rúcula, agrião, acelga…)
  • Salmão fumado
  • Gomos de laranja
  • Amêndoa torrada
  • Sementes de abóbora tostadas
  • Queijo feta
  • Orégãos

Confeção

Disponha numa saladeira a mistura de folhas para saladas. Corte pequenas tiras de salmão fumado e junte às folhas. Descasque gomos de laranja e adicione. Termine com amêndoas torradas, sementes de abóbora e cubinhos de queijo feta. Regue com azeite e sumo de lima. Polvilhe a salada com orégãos ou com raminhos de funcho fresco.

Legumes assados com funcho e tomilho

Diapositivo2

A alimentação quer-se saudável. E se existem dias para alcatras e sobremesas, outros devem ser dedicados aos legumes, às saladas e às frutas. Estes legumes assados serviram de acompanhamento a peixe grelhado. Com tanta cor e riqueza de sabor, não houve necessidade de incluir hidratos de carbono na refeição. As batatas e o arroz  ficarão assim guardados para próximas receitas. Comer de tudo, mas com equilíbrio nas doses é o meu primeiro lema. O segundo pressuposto é confecionar e distribuir.

Comprei estas couves roxas na feira que costumamos visitar ao domingo e, ao chegar a casa, imaginei-as, de seguida num assado com outros legumes, igualmente cheios de cor. Aromatizei o assado com rama de funcho e tomilho frescos e deixei que o forno fizesse o resto.

Diapositivo5

Diapositivo4

Diapositivo2

Ingredientes para uma assadeira grande

2 couves-flor roxa
3 cenouras
2 cebola roxa
2 courgette médias
3 dentes de alho
10 cubinhos de abóbora
2 tomates
azeite aromatizado com orégãos
funcho em rama
tomilho fresco
sal
pimenta branca

Diapositivo5

Modo de Preparação

1. Descasquei as cenouras e as cebolas. Cortei as cenouras às tiras com a largura de um dedo e a cebola aos quartos.
2. Lavei as curgetes e cortei-as às rodelas.
3. Lavei os tomates e cortei-os aos quartos.
4. Lavei a couve-roxa e preparei-a em raminhos.
5. Numa assadeira, coloquei todos os legumes, os alhos esmagados com casca, e reguei-os com azeite aromatizado. Temperei com sal e pimenta. Dispus raminhos de funcho e de tomilho. Envolvi tudo com as mãos.
6. Cobri a assadeira com folha de alumínio e levei ao forno até os legumes estarem assados. Um pouco antes de estarem cozinhados, retirei-lhes a folha de alumínio e deixei alourar levemente.
Diapositivo3

Diapositivo1

Sopa de agrião

Não há nada melhor do que utilizar os vegetais da época para se confecionar pratos cheios de sabor. Estes agriões por serem biológicos e fresquinhos transformaram uma simples sopa em algo mágico.

sopa de agrião

 

Ingredientes

500 g de agrião (Hidrosaladas)
1 naco de abóbora
4 cenouras
1 batata doce
2 courgettes médias
1 cebola média
azeite
água
sal

Preparação

1. Aloura-se ligeiramente a cebola em azeite (cortada aos pedacinhos).
2. Junta-se as cenouras e a abóbora cortadas aos pedacinhos. Refoga-se um pouco, mexendo com a colher de pau.
3. Adiciona-se água  e a batata e as courgettes aos pedaços.Deixa-se levantar fervura.
4.Tempera-se com sal e deixa-se cozer os legumes.
5. Tritura-se a sopa. Poderá ser necessário acrescentar mais água.
6. Lava-se ao agrião e retiram-se os talos. Escorre-se.
7. Junta-se o agrião  e tapa-se o tacho para que  coza.
8. Retifica-se o sal.
9. Serve-se a sopa quentinha com ou sem tostas.

Sopa de mizuna e grão

mizuna_foodwithameaning

Depois dos excessos da festa, ressurge a sopa. A consciência diz que há que equilibrar energias e voltar a rotinas saudáveis.

O tempo frio, chuvoso e ventoso também convida a pratos quentes e reconfortantes.
E sabe tão bem sentirmos as mãos aquecidas numa tigela de sopa quentinha.

Que conforto para a alma e para o regaço!

Depois da sopa, apetece a cumplicidade de um livro ou a visualização de um bom filme com direito a sofá e a mantinha.

Afinal, a felicidade reside nestes pequenos nadas.

mizuna_foodwithameaning

Ingredientes

500 g de mizuna (couve japonesa)
1 naco de abóbora
4 cenouras
1 lata grande de grão cozido
2 batatas médias
1 cebola média
azeite
água
sal

Preparação

1. Aloura-se ligeiramente a cebola em azeite (cortada aos pedacinhos).
2. Junta-se as cenouras e a abóbora cortadas aos pedacinhos. Refoga-se um pouco, mexendo com a colher de pau.
3. Adiciona-se água, 1/3 do grão, o líquido da lata do mesmo e as batatas aos pedaços.Deixa-se levantar fervura.
4.Tempera-se com sal e deixa-se cozer os legumes.
5. Tritura-se a sopa. Poderá ser necessário acrescentar mais água.
6. Lava-se a mizuna e retiram-se os talos mais grossos das pontas. Escorre-se.
7. Junta-se a mizuna e o resto do grão ao creme e tapa-se o tacho para que a mizuna coza.
8. Retifica-se o sal.
9. Serve-se a sopa quentinha.

Se quiserem adquirir a couve japonesa mizuna poderão fazê-lo neste link.

Doce de Gila

Hoje trago-vos a receita de um dos meus doces favoritos: o de gila. Utilizo-o no dia-a-dia como compota e pontualmente no recheio de tortas. Uma delícia.

Doce de Gila_foodwithameaning

Ingredientes

1 abóbora chila
o peso da abóbora cozida e escorrida em açúcar
1 pau de canela
raspa de limão
água
sal

Preparação

1. Bate-se com a abóbora num tampo de pedra ou madeira. Pode ser ainda atirada ao chão.
2. Com as mãos, retiram-se as sementes negras e a “tripa” que é a parte amarela e parte-se em pedaços (sem o recurso a facas).
3. Lava-se muito bem a abóbora até deixar de sair espuma e coze-se com casca em água e sal.
4. Depois de arrefecer, desfiam-se os pedaços da abóbora, deixando-os mergulhados em água fria durante umas horas.
5. Escorre-se a água sem espremer os fios da abóbora.
6. Pesa-se.
7. Num tacho, coloca-se o mesmo peso de açúcar, um pau de canela, raspa de limão e água (não muita). Para 1kg de açúcar cerca de 1dl de água).
8. Quando a calda espessar um pouco, juntam-se os fios da abóbora, vai-se mexendo até a água evaporar e o doce espessar, fazendo ponto estrada.
9. Guarda-se o doce ainda quente em frascos esterilizados.

Doce de Gila_foodwithameaning

Fica então aqui esta sugestão de doce de gila.

Se forem servidos de uma fatia de bolo, podem clicar aqui, pois hoje comemora-se o segundo aniversário do Receitas ao Desafio.

Compota de abóbora assada com açúcar mascavado e especiarias

Nem sempre as receitas são consequência de outras. Esta foi. Resultou de um aproveitamento de abóbora assada no forno. Sendo eu muitas vezes exagerada nas quantidades do que faço,  assei um tabuleiro cheio de fatias de abóbora, fazendo-me esquecida, quase propositadamente, de que apenas eu aprecio a abóbora confecionada desta forma. Consolei-me e pronto. E os outros nem por isso.

Inspirada numa receita que vi no livro básico da Bimby, e com 600 gramas de abóbora assada com especiarias e 200 gramas de maçã cozida, fiz esta compota.

Compota de abóbora assada com especiar

Ingredientes

600 g de abóbora assada

200 g de maçã reineta cozida

300 g de açúcar amarelo

100 g de açúcar mascavado escuro

Sumo de 3 mandarinas

100 g de nozes

1 colher de café rasa de canela

1/2 colher de café rasa de gengibre

1/2 colher de café de noz moscada ralada

Preparação na Bimby

Coloque no copo metade da abóbora assada e da maçã cozida e triture 25 seg/Vel.6.

Repita o processo para as restantes 400 g até ficar com a consistência desejada.

Adicione o açúcar, o sumo das mandarinas e as especiarias. Programe 35 Min/100º/Vel.1.

Substitue o copo de medida pelo cesto para evitar salpicos.

Adicione as nozes partidas em pedaços e envolva com a ajuda da espátula.

Deite em frascos previamente escaldados, fechando de imediato para criar vácuo.

Compota de abóbora assada com especiar

Esta compota ficou muito saborosa e aromática. Infelizmente só resultou em três frasquinhos. Neste momento só há um.

Umas boas festas para todos!
Patrícia