Pudim light de ananás

Há sobremesas que simplesmente não conseguimos parar de comer. É o caso desta que vos trago hoje. Fi-la pela primeira vez há muitos anos, quando vivia na ilha do Faial, e andava com a mania das dietas e do ginásio, e contava as calorias a toda a hora. Foram os 30. Os 40 trouxeram-me outra serenidade, apesar de continuar preocupada em apresentar refeições saudáveis. Voltando à receita, esta sobremesa é um pudim de ananás que foi confecionado imensas vezes e que, de um momento para o outro, caiu no esquecimento, porque outras sobremesas se foram impondo, fruto do gostar de experimentar novas propostas. E enganem-se se pensam que contém leite condensado ou natas. Nada disso. Usei leite evaporado. Trata-se de um tipo de leite concentrado, desidratado, do qual foi retirado mais de metade de água, cerca de 60%, por intermédio da evaporação. Ao contrário do leite condensado, este não contém açúcar, nem tem uma textura tão espessa e cremosa. O leite evaporado surgiu da necessidade de facilitar o transporte e o armazenamento do leite. Foi o norte-americano Gail Borden que, tentando desidratá-lo, descobriu que, antes de transformar-se em leite em pó, o produto se tranformava em leite condensado. A invenção de Borden, patenteada em 1856, só foi valorizada quando estourou a Guerra Civil Americana, quatro anos depois. Ele transportou para as tropas leite em pó e leite vaporizado  – e depois colocou esses produtos no mercado, enriquecendo à custa disso.

Histórias à parte, apresento-vos o pudim de ananás mais fácil e rápido do mundo. Faz-se em apenas oito a  dez minutos, sem contar com o tempo de refrigeração, claro.

IMG_8956 - Cópia

Ingredientes

  • 1 lata de leite evaporado
  • 1 lata de ananás aos pedaços ou às rodelas ou ananás natural
  • 1 saqueta de gelatina de ananás normal ou 0% açúcar (light)

 

Preparação no robot de cozinha

Coloque o sumo da lata do ananás (300 ml) no copo da Bimby e marque 4 minutos, Varoma. Quando o sumo estiver quase a ferver, junte-lhe o pó da gelatina de ananás. Marque 1 minuto, velocidade 4. Adicione o leite evaporado e marque 1 minuto, velocidade 4. Verta para uma taça. No copo da máquina, coloque o ananás e triture-o até ficar com a consistência de desfiado. Vá verificando. Junte o conteúdo da taça ao copo e marque 1 minuto, velocidade 3. De seguida, passe a feiticeira, da Tupperware, por água e verta o pudim para a forma. Tape e leve a refrigerar entre 3 a 4 horas, até solidificar.

Preparação tradicional

Coloque num tacho o sumo da lata de ananás  e leve a ferver. Adicione o pó da gelatina e mexa até dissolver. Junte o leite evaporado mexa e reserve.

Numa picadora, triture o ananás até ficar com a consistência desfiada. Junte ao preparado anterior e envolva.

De seguida, passe a feiticeira, da Tupperware, por água e verta o pudim para a forma. Tape e leve a refrigerar entre 3 a 4 horas, até solidificar.

IMG_8951

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s