Folar Transmontano…em domingo de Páscoa

Folar de Carnes Transmontano

Neste domingo de Páscoa, partilho, com todos os leitores do Food with a Meaning, o único folar que faz sentido para o transmontano cá de casa, ou seja, o folar de carnes. A açoriana, esposa dele, começou por não apreciar este folar, por ser diferente do folar doce ao qual cresceu habituada, mas hoje não há Páscoa que ela não o faça para marcar esta tradição gastronómica do norte do país.

Depois das publicações anteriores, dedicadas aos tradicionais folares doces, deixo aqui retratos de uma tradição de longe confecionados em forno de lenha açoriano.

Votos de uma quadra feliz!

Folar de Carnes Transmontano

IMG_2122

IMG_2165

IMG_2085

IMG_2082

IMG_2090

IMG_2095

IMG_2149

IMG_2162

E agora as fotos do Folar Transmontano confecionado na Loja DeBOrla- Terceira no workshop deste mês de abril, dedicado aos Folares de Páscoa.

21

20

Ingredientes para um folar  

  • 6 ovos médios
  • 500 g de farinha T65
  • 100 ml de azeite
  • 50 ml de manteiga derretida
  • 1 saqueta e meia de fermento granulado (16 g)
  • pitada de sal grosso
  • enchidos (presunto; chouriça; bacon)

 

Preparação Tradicional

Dissolva o fermento na água morna. Numa bancada coloque a farinha, abra uma cavidade e coloque o sal, a manteiga amolecida, o azeite, os ovos e o fermento dissolvido. Amasse muito bem até à massa se descolar das mãos e da bancada. Faça uma bola, polvilhe-a com farinha e deixe repousar, em local aquecido e coberto, até duplicar o volume. Entretanto corte os enchidos em fatias a seu gosto. Não convém que sejam muito finas. Depois da massa levedada, separe-a com as mãos em duas ou três partes iguais. Com o rolo de cozinha entenda-as até obter círculos iguais. Unte uma forma redonda sem buraco com azeite ou com manteiga. Forre o fundo com um círculo de papel vegetal, untado à superfície.  Coloque no fundo da forma uma rodela de massa, cubra com enchidos, depois outra placa de massa e enchidos até terminar com massa. Deixe ficar assim até levedar outra vez (cerca de meia hora). Una os lados para evitar que os enchidos se escapem. Ligue o forno a 180ºC. Pincele o folar com a gema desfeita num pouquinho de água, e leve ao forno cerca de 40 minutos. Ao sair do forno, desenforme e pincele com azeite para ficar brilhante e dar sabor.

Obs. Há também que divida a massa em apenas duas partes, abra uma cova no meio, recheie com os enchidos e feche com a outra tampa de massa, unindo os bordos.

 

 

Preparação em robô de cozinha- Thermomix – Bimby:

Coloque a borboleta no copo da máquina e adicione os ovos inteiros. Marque 37 ºC, 2 minutos e velocidade 3 1/5. Ainda com a borboleta inserida, adicione o sal, o azeite e a manteiga derretida. Marque 1 Minuto, Vel 2. Com a máquina em funcionamento, vá adicionando a farinha e o fermento pelo bocal. Marque Vel. Espiga (amassar) durante 15 minutos. Retire a massa da máquina e coloque-a a levedar num alguidar tapada com uma toalha de cozinha até dobrar de volume. Pincele com manteiga derretida ou com azeite uma forma de cerâmica de suflé (ou uma em alumínio) e forre o fundo com um círculo de papel vegetal, untado à superfície. Coloque no fundo da forma uma rodela de massa, cubra com enchidos, depois outra placa de massa e enchidos até terminar com massa. Deixe ficar assim até levedar outra vez (cerca de meia hora) Una os lados para evitar que os enchidos se escapem. Alise o folar com a gema desfeita num pouquinho de água, e leve ao forno. Leve a cozer em forno quente durante 40 minutos.

Anúncios