Dois Mil e Quinze

2015 foi um ano em que o Foodwithameaning deixou de ter um cunho mais pessoal e intimista para assumir uma papel mais culinário. Optei por uma vertente mais discreta e menos emocional no que diz respeito a transmissão de estados de espírito e de vivências particulares. Às vezes penso que não houve efetivamente muito tempo para análises e balanços desta ordem, mas de certo modo foi também intencional este recolhimento, uma vez que passei a ter alguma exposição pública. Foi um ano que decorreu a cem à hora num equilíbrio de forças entre os meus compromissos familiares, profissionais e os que o gosto pela cozinha me proporcionaram.  O convite da empresa DeBORLA para ser formadora de workshops aqui na loja da Ilha Terceira foi um verdadeiro desafio, uma vez que a minha formação nesta área passa inteiramente pelo autodidatismo. Os 12 workshops DeBORLA realizados durante 2015 representaram uma aventura. Perguntei-me tantas vezes se estaria à altura deste projeto, já que a responsabilidade e a exposição pessoal seria muito diferente daquilo a que estava habituada. Empenhei-me ao máximo na preparação e no decorrer dos workshops para que nada falhasse, para estar à altura da confeção das receitas e das questões que me pudessem ser colocadas. Dei o meu melhor. Entreguei-me de corpo e alma. Senti muito orgulho em mim mesma. No regresso a casa, no final de cada workshop vinha sempre a conduzir em total silêncio a tentar assimilar os momentos vividos. Sentia-me leve e com uma sensação de grande felicidade e dever cumprido.  Ao ver as fotos tiradas na loja pensava muitas vezes como teria sido capaz de fazer tantos pratos em meia tarde, como tinha pensado nos pormenores da apresentação dos mesmos, da decoração da mesa, da organização do meu espaço de trabalho. E percebi que existem muitos fatores para as coisas correrem bem. A sorte é um deles, sem dúvida, mas no meu caso o sucesso dos workshops deveu-se a muitas horas de preparação dos mesmos das quais destaco a escolha das receitas, adequando-as aos temas, a elaboração de documentos com o receituário para entrega aos participantes, a seleção, compra e acondicionamentos dos ingredientes; a revisão dos sacos para verificar se transportava os ingredientes todos (por mais supervisão, houve um dia que me esqueci dos dentes de alho e outro que não levei o frango para a salada que ia fazer – alterei a ordem da confeção das receitas e telefonei ao meu marido para que me trouxesse à loja o frango que tinha ficado esquecido na prateleira do frigorífico). O sucesso dos workshops deveu-se também ao apoio incondicional que recebi por parte do Departamento de Marketing da empresa DeBORLA e muito especialmente a Jorge Queirós, diretor de marketing e de comunicação da empresa, que sempre atendeu as minhas solicitações e respondeu às minhas dúvidas com prontidão. A gerente e os funcionários da loja da ilha Terceira concorreram igualmente para que o espaço estivesse operacional, prestando sempre apoio incondicional quando solicitados.

workshops 2015 DeBORLA

O ano de 2015 está registado em muitos álbuns com momentos inesquecíveis. Concretizei também mais dois workshops. O primeiro aconteceu a convite da parceria entre o Sindicato Democrático dos Professores e o Museu de Angra do Heroísmo e teve como público-alvo crianças dos 5 aos 12 anos. Foi um grande desafio num novo espaço, que me recebeu de braços abertos e de forma acolhedora. Obrigada Eva Vidal, responsável pelo Sindicato Democrático aqui na ilha e Ana Lúcia Almeida, responsável pelo Serviço Educativo do Museu.

2

O segundo workshop, sobre a temática Smoothies, decorreu na escola onde trabalho, a convite do Gabinete de Saúde Escolar, e da professora e enfermeira Ana Marcos e integrou-se na comemoração do Dia Mundial da Alimentação.

smoothies

Este foi também o ano em que vi cinco receitas minhas publicadas em dois livros diferentes por convite da Câmara Municipal da Figueira da Foz, na pessoa de Guida Cândido, responsável pela pesquisa e texto do livro A nossa Mesa: receituário gastronómico da Figueira da Foz. Participei com uma receita cujo ingrediente-rei era a Salicórnia. É, sem dúvida, um importante legado para todo o concelho Figueirense.

IMG_3198

As restantes quatro receitas constam do livro Receitas da Marmita, elaborado pelo Serviço de Pediatria do Hospital Santa Maria Maior de Barcelos. Caracteriza-se por ser um projeto muito interessante, porque incentiva à confeção de receitas saudáveis para serem consumidas no local de trabalho. Obrigada Celina Casanova pelo convite.

livros

2015 trouxe-me muitas amizades novas, umas associadas à gastronomia e outras nem por isso. Foi um ano de convívio e constante aprendizagem.

Vejam alguns momentos dos workshops DeBORLA!

workshops com crianças

workshops

Foi um ano que também registou momentos menos positivos, no que diz respeito à minha saúde, mas que me ajudaram, acima de tudo, a relativizar muita coisa. Conferimos tanta atenção a pormenores que são apenas isso mesmo e que, por isso, não merecem importância, nem que gastemos saliva, tempo e massa cinzenta com eles.

Resoluções para 2016

1º- Resolver um problema médico pendente.

2º- Andar 60 minutos por dia.

3º- Ler mais e mais.

4º- Continuar a aceitar desafios culinários.

5º- (ainda por determinar)

Ser feliz não está no topo da lista porque isso eu já sou. Tenho uma família e amigos excelentes e tenho trabalho.

&

Estou também muito grata aos leitores deste espaço. Que 2016 vos traga muita luz e tudo o que desejarem!

IMG_3179

IMG_3102

3 thoughts on “Dois Mil e Quinze

  1. ana

    Patricia,
    que grande ano! eu infelizmente acompanhei alguns dos teus desafios, mas sei que os concretizaste com grande empenho e profissionalismo. Desejo-te um feliz ano novo cheio de amor e saúde, tudo o resto é bónus. (E espero que te tenhas divertido imenso na tua passagem de ano🙂 )

    Gostar

  2. Celina Casanova

    Gostei muito deste “apanhado de reflexões” dos momentos mais importantes de 2015. Adorei ver a esquematização das tuas resoluções para 2016 (quem me dera ser assim tão organizada). Agradeço a referência ao “Receitas da marmita”. Muito obrigada por tudo e que 2016 seja, de facto, o ano que tens idealizado e que o problema médico pendente se resolva rápido. Muitos beijinhos. Bom Ano.

    Gostar

  3. Susana_bastacheio

    Patrícia, que ano tão rico! Deu gosto ler.🙂
    Tantos projectos e realizações, ainda que eventualmente inesperadas, dão outro valor aos dias e enriquecem-nos de uma forma incrível.
    Fui acompanhando os WS por aqui e admiro imenso a tua dedicação, de quem gosta realmente do que está a fazer. Muitos Parabéns pelos resultados de tanto empenho.
    Espero que a tua saúde esteja excelente e desejo-te um Feliz e ainda mais preenchido (de coisas boas!) Ano.🙂
    Tudo de bom!

    Bjinhoss

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s