Nem sempre o que é verde é bom…Este verde é-o.

Desde que as crianças nasceram, nós temos tido uma maior preocupação com os ingredientes que selecionamos para as refeições. Quando vivíamos só a dois não existia um planeamento de refeições. A cozinha andava ao sabor do vento e das vontades. Lembro-me que, na altura, muitas vezes nem sopa se confecionava cá por casa e que muitos jantares eram improvisados apenas quando a fome chegava. Um desgoverno, como diria a minha avó. No meu entender, foi uma etapa também com aspetos muito positivos. Com o tempo, aprendi a apreciar as rotinas e hoje não passo sem elas. Tornaram-se rituais. A sopa e as refeições variadas são uma prioridade. Com o intuito de fazermos pratos saudáveis, passámos a ter a nossa horta, fruto do trabalho e paciência do meu marido, e a comprar produtos frescos a pessoas de confiança.

Hoje quero enaltecer o senhor António Gomes, uma pessoa que tenho vindo a conhecer melhor. Sempre que visito a sua quinta, aos sábados de manhã,  procuro as habituais verduras, deparo-me com espécies inovadoras  e aprendo com ele. O seu entusiasmo é contagiante quando nos fala das suas plantas. A sua paciência já não pertence aos dias de hoje. Nunca levo relógio quando lá vou. O objetivo é mesmo fazer com que o tempo pare enquanto me encanto com as suas plantações. Um destes dias, pedi-lhe se podia tirar umas fotografias. Ele acedeu e eu deliciei-me a percorrer todos os carreiros que ladeavam as diferentes espécies. Perdi-me no tempo e no verde, mas num verde que é bom, que se traduz em produtos que crescem sem químicos, sem pesticidas e que se materializam em plantas que crescem felizes e que transpiram saúde nos nossos pratos.

Ora vejam  as maravilhas que descobri no Hidrosaladas.

Por cima da porta, e a proteger a entrada da quinta, encontra-se um leão esculpido em basalto.

hidrosaladas_foodwithameaning

Dentro das estufas desfilam plantas viçosas.

As acelgas vermelhas e amarelas. Os agriões. A minutina.

hidrosaladas_foodwithameaningAlfaces várias.

hidrosaladas_foodwithameaning

As chagas, com as suas flores comestíveis.

hidrosaladas_foodwithameaning

hidrosaladas_foodwithameaning

hidrosaladas_foodwithameaning

O cebolinho.hidrosaladas_foodwithameaning

O manjericão e o poejo.hidrosaladas_foodwithameaning

Os morangueiros.

hidrosaladas_foodwithameaning

hidrosaladas_foodwithameaning

A cidreira.

hidrosaladas_foodwithameaning

Os espinafres. O funcho. A salva-ananás em flor.hidrosaladas_foodwithameaning

Os agriões.

hidrosaladas_foodwithameaning

hidrosaladas_foodwithameaning

As ervilhas em flor.hidrosaladas_foodwithameaning

As ervilhas em vagem. A couve-roxa. Os bróculos.hidrosaladas_foodwithameaningAs alfaces e a couve chinesa.

hidrosaladas_foodwithameaning

hidrosaladas_foodwithameaning

hidrosaladas_foodwithameaning

E a visita  chegou ao fim, perfumada com alfazema.

hidrosaladas_foodwithameaning

 

Amanhã no Receitas ao Desafio deixo-vos a receita desta salada. Para já, ficam apenas com a foto, pode ser?

salada mix baby leaf com filetes de cavala

2 thoughts on “Nem sempre o que é verde é bom…Este verde é-o.

  1. Mena Lopes

    Como me fizeste recordar os meus tempos de estudante!! Como ha coisas que te ficam gravadas!! A sorte de poder usufruir de tanto verde, é impagavel!! E para rematar, a bela da Lavanda angustifolia que eu adoro!!!!
    Lembro-me de a por no meio dos meus livros!!
    Que bela partilha!!!
    Beijinhos,
    Mena.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s