Um ano de foodwithameaning com beijinhos

Há doze meses atrás nascia o foodwithameaning. Coincidia este nascimento com a mudança da nossa família para uma casa nova, rodeada de verde. Sentia-se por cá o entusiasmo de se estar a estrear cada canto da casa, de se estar a arrumar em cada gaveta objetos de vivências passadas. Aninhavam-se ao lado destes outros, novinhos em folha, também ansiosos por serem pertença de um tempo e de um espaço. Foi neste contexto de novidade constante que o blogue surgiu. Analisando este ano em retrospectiva, porque os balanços estão inerentes aos aniversários, vejo o quão mais enriquecido tem sido o meu dia-a-dia desde que resolvi dar asas a este projeto. Cresci em termos culinários, porque aprendi muito com quem está do outro lado do fio, pessoas com mais e menos idade do que eu, pessoas que expressam através dos seus blogues o gosto pela culinária, quer através dos textos introdutórios quer das receitas ou das fotografias. Refleti ao ler posts de temas variados, escritos por pessoas que são inspiradoras, talvez sem saberem que têm a habilidade de nos falarem ao coração e à razão. Diverti-me muito com alguns comentários feitos às minhas publicações, alguns de pessoas que não conheço e que porventura nunca chegarei a conhecer. Aprendi, e ainda aprendo, com pessoas que passei a conhecer por intermédio da blogosfera, e com quem partilho ideias, dicas e a quem ofereço o que se vai preparando na minha cozinha. Em suma, cresci em várias vertentes. Tornei-me mais exigente comigo própria. E vejo que evolui, porque tenho agora uma maior preocupação com a apresentação dos posts, porque gosto de contextualizar as receitas quer estas sejam mais ou menos elaboradas ou quer tenham nascido com ou sem motivo particular.

Fico extremamente feliz quando leio os comentários de amigos, conhecidos e de visitantes anónimos que genuinamente demonstram apreço pelas minhas publicações. Sinto uma verdadeira interação quando se trocam dicas culinárias, quando alguém faz sugestões de combinação de ingredientes, quando alguém diz que reproduziu a minha receita e que gostou muito, quando alguém me envia fotos dos seus cozinhados, quando partilho vivências através do correio eletrónico com esta ou aquela amiga mais ou menos virtual. Sinto também uma alegria de criança quando vejo a indicação no blogue de que tenho comentários novos. Divirto-me ao lê-los e solto gargalhadas espontâneas com alguns deles. Quem as ouve intriga-se. Cá em casa nem sempre compreendem este meu hobby, mas têm vindo a mostrar mais paciência aquando da reportagem fotográfica. A minha filha pergunta sempre se já tirei a foto antes de experimentar o que preparo. Cuidados que já lhe valeram ralhetes. No fim, acabo por ficar sempre com o prato da foto, quase frio, é certo, mas o mais requintado da mesa.  Agradeço, também, quando quem segue o foodwithameaning  me relembra da falta de  determinado ingrediente na receita por esquecimento. Às vezes acontece. Terei de contratar um editor;)

Inspiro-me em tantos blogues, mas tenho a preocupação de referir a fonte quando reproduzo as contribuições desses espaços culinários. Sinto tristeza quando vejo as minhas fotos usurpadas indevidamente. Sabem todos os que já foram vítimas do mesmo a que me refiro. Lamento sempre a existência de pessoas com falta de originalidade e escrúpulos. Entristecem-me também os comentários superficiais, de conveniência, que alegremente denomino de “picar o ponto”. Felizmente acho que tenho poucos desses. Experimento todos os dias pesar por não dispor de tempo suficiente para apreciar todos os espaços que gosto de visitar. Por isso me desculpo com alguma frequência. Sinto um carinho inexplicável por vários seres humanos que existem por detrás de alguns blogues, mesmo sem os conhecer pessoalmente. Coisa estranha.

Espero continuar deste lado daqui a um ano.

Espero continuar a aprender convosco.

Espero continuar a partilhar receitas e momentos de reflexão significativos.

E já me alonguei demasiado. O mais provável é terem desistido de ler o post no segundo parágrafo. Por isso, a receita de hoje vai ser pequenina mas cheia de significado porque pretende celebrar o primeiro aniversário do foodwithameaning.

Beijinhos para todas e todos.

Ingredientes e Modo de Preparação (para 20 a 25 beijinhos)

Colocam-se as 6 gemas de ovos, as 125 g de côco e as 250 g de açúcar num tacho. Misturam-se todos os ingredientes em lume baixo com uma colher de pau. Mexe-se sempre até estes estarem ligados e prontos a serem enrolados em formato de esfera. Podem-se ir fazendo experiências com pedacinhos da massa ao longo da cozedura para evitar que o preparado seque muito e que as bolinhas se tornem quebradiças.

Passam-se as mãos por açúcar antes de enrolar cada beijinho. Envolve-se cada  docinho em côco ralado e coloca-se uma missanga prateada no topo.

Desta vez decorei com  montinhos de côco no cimo da esfera e com um pauzinho de chocolate granulado.

Anúncios

19 thoughts on “Um ano de foodwithameaning com beijinhos

  1. Su

    Muitos Parabéns minha querida.
    Eu não desisti e li tudo atá ao final, porque cativaste com as tuas palavras. Que continues por aqui por muitos mais anos, mesmo que nem sempre haja a mesma frequência de publicações. O que importa é manter-se o espirito acesso.
    Um grande beijinho de côco para ti também 😀

    Gostar

  2. Isabel

    Patricia, eu não desisti de ler o teu texto. 🙂
    Amante que sou não só de chocolate, mas também da nossa riquíssima lingua portuguesa, gosto muito de te ler que é algo que já te referi aqui por mais do que uma vez, embora por vezes possa passar em silêncio, é certo…

    Acima de tudo importa que te sintas realizada com um projecto que tem 1 ano, projecto esse que torna os teus dias mais coloridos bem como os de quem gosta de te ler.

    Sinto da mesma forma algumas das situações que referiste no teu texto e torna-se de facto enriquecedora esta interacção que se vai construindo com outras pessoas atrás de cozinhas diversas, tendo sempre em conta que há mais proximidade com umas do que com outras.
    É o natural da Vida !
    Assim é no Mundo real, claro que o seria também no Mundo virtual, até porque a escrita transmite imensa informação camuflada que pode ser esmiuçada pela mente e com isso conseguimos “visualizar” um pouco mais de quem está no outro lado.

    Parabéns Patricia, espero continuar a ler-te por muito mais tempo.

    Um beijinho 🙂

    Isabel

    Gostar

  3. Miguel

    Não posso deixar passar esta data sem apresentar as minhas felicitações no festejo de aniversário deste espaço que vou seguindo e gosto, que se vão acumulando muitas velas para soprar com o passar dos anos, acompanhando-nos com a sua escrita e imagens. Parabéns.

    Gostar

  4. Ondina Maria

    Patrícia, as vezes que já me ri contigo, mesmo sabendo que temos uma pequena parte do Atlântico entre nós. E os ingredientes que eu desconhecia e que me mostraste, coisas que cada vez mais me fazem querer explorar os Açores com bastante tempo, para me debruçar em cada detalhe. O teu blogue é uma paragem obrigatória para mim, e por esse motivo fico muito contente com este aniversário. No passado dia 23 nós também fizemos 1 aninho de blogue partilhado (antes dessa data o blogue era só meu) e portanto sei o quão importante é fazer esta avaliação. E espero que muito mais anos se sigam, de prefência comigo a visitar-te no Açores :p

    Gostar

  5. Ginja

    Patrícia, parabéns por este primeiro aniversário!
    Contigo descobri ingredientes e paisagens desconhecidas.
    Espero que continues por aqui por muitos mais anos, cheios de inspiração e boas receitas como sempre.
    Um beijinho de côco para ti!

    Gostar

  6. Ilída

    Patrícia, um ano de posts tem sempre um sabor especial. É sempre uma data que implica alguma reflexão, que nos leva a olhar para o percurso feito.
    Parabéns pelo Food with a Meaning, pelas receitas e belíssimas fotografias com que nos brindas. Desejo-te muita motivação para o futuro. Que nunca te falte a vontade de cozinhar, escrever e fotografar.
    Beijinhos,
    Ilídia

    P.S.: O doce de uva da serra é uma delícia. Obrigada 🙂

    Gostar

  7. Graça

    Patrícia, parabéns pelo aniversário do blog. Gosto de lê-la, embora nem sempre comente. Estes beijinhos de côco fazem lembrar-me uns que a minha mãe costumava fazer e que eu tanto gosto. Já há muito tempo que não como! Gostei de relembrá-los!
    Graça

    Gostar

  8. panelasemdepressao

    Já fora de horas mas a deixar registado o que já sabes – que vejo o teu blog com entusiasmo, admiração e sem “picar o ponto” 😉
    Um abraço com a certeza que um dia nos vamos encontrar fora desta rede virtual.
    E Parabéns claro!
    Guida

    Gostar

  9. Panela de Ferro

    Olá Patrícia,

    ultrapassei o segundo parágrafo, abri caminho para o terceiro e segui por ai abaixo e, como sempre, fiquei deleitada com tudo o que li.

    O início de um projecto destes proporciona-nos uma lufada de ar fresco, uma janela que pouco a pouco se abre ao desconhecido e quando dados conta fazemos parte de rede onde se trocam gostos, afectos e onde se criam empatias por vezes difíceis de explicar.

    Achei curioso teres mencionado o facto de por vezes as pessoas não compreenderam, pelo menos a principio, este passatempo, porque de alguma forma também me aconteceu. Mas é igualmente curioso quando pouco a pouco os vemos a envolverem-se e a participar como parte integrante do mesmo.

    Em relação ao teu blog, tenho a dar-te os parabéns e simultaneamente agradecer-te por teres iniciado este projecto e teres seguido com ele, porque é sempre um prazer visitar-te, não só pelas excelente receitas e pelas fotografias fantásticas, mas também pelo textos sempre envolventes com que nos brindas.

    Desejo que este projecto celebre muitos mais anos, sempre a crescer em receitas, em trocas e partilhar de saberes e sempre com a presença amiga e carinhosa que nos acolhe e nos envolve e torna este sitio, para mim, um local de visita obrigatória.

    Termino com beijinhos e não resisto em levar comigo um dos teus beijinhos de côco.

    http://receitaspanelaferro.blogspot.pt/

    Gostar

  10. Quinta da Vinagreira

    Parabéns Patrícia, o teu site é uma inspiração. Descubri-o por acaso e foi um reencontro, como bem o sabes. Adoro as tuas receitas, nem que seja só para lê-las e babar-me com as lindas fotos que tiras. Invejo (uma boa inveja) a tua forma de escrever e de ilustrar as receitas…inspiras-me a melhorar os meus posts.
    Tenho andado um pouco fora da blogesfera, mas espreito sempre o teu blog, porque é bom, divertido, relaxante e acima de tudo mostra muita paixão de quem o escreve… e eu gosto de pessoas apaixonadas.

    Parabéns mais uma vez e vamos nos continuar a encontrar por aqui ou por outro lado qualquer …

    Gostar

  11. Lia

    Olá,
    Vim aqui ter através do blogue da Ginjinha e fiquei apaixonada com este teu cantinho e com as maravilhosas iguarias que apresentas. Vou levar o teu link pois não quero perder as novidades.
    Já agora, parabéns pelo aniversário do blogue e que muitos mais comemores, pois é um blogue super inspirativo!!
    Beijinhos,
    Lia.

    Gostar

  12. joao

    Olá Patrícia, o aniversário do blog já vai longe mas desta vez não resisti em deixar cá um comentário.
    Parabéns pelo aniversário e mais do que isso obrigado pelo prazer que é segui-lo.
    Bem…nem sei como dizer isto…. não queres vir cozinhar cá pra casa?! 🙂 (principalmente agora nesta época de Natal)
    Beijo
    João

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s