Setembro é o mês das compotas

Por esta altura do ano, a tradição de fazer compotas repetiu-se. Antes da vida escolar começar, e ainda com tempo, fiz compota de amora e de figo, apesar de este ano as ter feito em menor quantidade, devido ao facto de não ser ano de amoras e de figos por estas paragens. Teria sido mais interessante, embora também mais penoso, se as amoras tivessem sido apanhadas por nós, mas como isso não aconteceu comprámo-las no mercado municipal. Estas amoras não eram tão grandes nem tão madurinhas como as do ano passado, mas no final resultaram em três frasquinhos de doce, que serão abertos ao longo dos meses vindouros para recordarmos, através do paladar, a época das amoras.

1 kg de amoras silvestres
1 kg de açúcar (se as amoras estiverem bem maduras, poderão reduzir 1/3 no açúcar)

Vai ao lume, numa panela alta, até fazer ponto estrada ou até o doce, morno, escorrer lentamente na colher.

Obs. Assim que o doce levanta fervura, costumo triturá-lo com a varinha mágica.

Poderão deixar algumas amoras inteiras, se as gostarem de encontrar depois na fatia do pão.

Boas compotas!

Patrícia

Anúncios

18 thoughts on “Setembro é o mês das compotas

  1. Ilídia

    Este ano não vi amoras e figos, só comi uma vez. Ano de muita chuva não é bom para figos, segundo me explicou o meu pai. Deliro com doce de amora. Fiz o ano passado, em S. miguel, com a Helena. As fotos estão tentadoras.
    Bom fim de semana e bom regresso às aulas na segunda.
    Beiijnhos,
    Ilídia

    Gostar

    • foodwithameaning

      Olá Ilídia. Lembro-me do vosso doce de amora do ano passado, com menos açúcar do que o meu, e das fotos. Lindas que ficaram! Este ano, as compotas foram mais reduzidas na quantidade, mas não posso passar sem elas, apesar de saber que não são nada amigas da dieta.
      Um beijinho. Bom regresso às aulas.
      Depois telefono-te para me dizeres o que achastes das tuas turmas novas.

      Gostar

      • Ilída

        Patrícia, quando disse “as fotos estão tentadoras”, referia-me às tuas, não às minhas 🙂 Agora que reli o comentário, realmente, não é o que parece 🙂 É o que faz o cansaço e não reler com atenção o que se escreve.
        Beijinhos

        Gostar

  2. Ginja

    Por aqui foram poucas as amoras 😦
    Mas os figos estão a chegar de mansinho, só agora amadurecem e aguardam a minha gula e a vontade de guardá.los num frasquinho para comer durnate o ano.
    Adoro compota de amora, linda que ficou.
    Beijinho.

    Gostar

    • foodwithameaning

      Olá Ginja. Por cá tem chuvido muito. Os figos estão uma miséria. Todos abertos e estragados pela mosca.
      Fiz uns frasquitos de doce de figo com alguns que os meus pais trouxeram das nossas figueiras da Ilha do Pico. Aqui pela Terceira,os figos não têm abundado.
      Beijinhos

      Gostar

  3. Isabel

    A sua compota ficou com uma tonalidade fantástica, linda !
    As compotas estão decididamente na ordem do dia, o mote e conservar para mais tarde usufruir !
    As fotos estão fabulosas ! 🙂
    Beijinhos

    Gostar

    • Quinta Vinagreira

      Maravilha…Adoro Setembro, adoro a recolecção, principalmente a das amoras. E nem a propósito neste dia chuvoso, fiz a minha 2ª tentativa de colher amoras. Claro está que foi uma frustação, porque com este tempo a colheita foi minúscula. Conto ainda regressar, mas para tentar colher mais uvas-da-serra (mirtílio açoriano) que fazem uma compota digna dos deuses…

      Gostar

  4. Cindy

    Patricia,ja te roubava este frasquinho de doce,ate fiquei com agua na boca,me fez lembrar os meus tempos de crianca quando vivia em S.Miguel,minha mae costumava fazer,,,Ai que saudades!
    Adorei as fotos!
    Beijinho

    Gostar

  5. panelasemdepressao

    Olá Patrícia
    Regressei hoje de férias e deparei-me com a tua “encomenda” na minha secretária. Chegou em bom estado e estou ansiosa para experimentar. Posso comer diretamente ou é melhor na elaboração de algum prato?
    Muito obrigada pela tua generosidade.
    Um abraço de boa semana
    Guida

    Gostar

    • foodwithameaning

      Olá Guida. Fico contente por saber que o frasco não se partiu na viagem. Este curtume acompanha pratos de peixe na perfeição. Gosto muito de comê-lo conjuntamente com a batata cozida quando faço peixe grelhado ou assado no forno. É um picle, por isso, utilizamo-lo como mais gostamos.
      Uma amiga aqui da terceira, que tem o blogue quinta da vinagreira. blogspot, também fez este curtume. Se quiseres, podes ir lá espreitar. Tem fotos mais detalhadas do que as minhas e descreve a planta cientificamente.( não é venenosa 😉
      Como tem chuvido bastante por estes lados desde o início do mês fui ontem à costa e reperei que o perrejil ou perrexil ainda está viçoso. Acreditas que ainda fiz mais 2 frasquitos de curtume? Agora as aulas começaram e a vida é outra.
      Um beijinho para ti e bom regresso.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s