Sopa de tomate e beldroegas em Rio das Flores

“Pedro falava enquanto metia à boca simultaneamente uma azeitona curada e um bocado de pão, o olhar já pousado na terrina de sopa de beldroegas com tomate e queijo de ovelha. Como sempre, e como em quase tudo o resto, era sôfrego a comer. De pouco tinham servido os anos e anos a fio que a mãe o repreendera pelas suas maneiras à mesa. Ele comia como se o mundo fosse acabar logo a seguir e a verdade é que contara sempre com o olhar complacente do pai, que não conseguia disfarçar que gostava da vitalidade animal do filho. Pedro era assim a comer, a trabalhar no campo, a dar ordens ao pessoal desde miúdo, a arrear e a montar a cavalo ou a caçar de salto, onde constantemente se adiantava à linha de caçadores que deviam caminhar em movimento sincronizado em forma de ferradura, e que ele estava permanentemente a desfazer, adiantando-se.

Estavam sentados à mesa da sala de jantar do monte, Maria da Glória e os seus dois filhos, os seus homens que agora lhe restavam. Ocupavam apenas uma ponta da imensa mesa, Maria da Glória na cabeceira onde sempre se sentara, do lado da copa e da cozinha, os filhos um de cada lado, como se a protegessem.”

Miguel Sousa Tavares, Rio das Flores

Ingredientes

4 tomates maduros (grandes)

1 cebola média

2 dentes de alho

1 courgette média

folhas de beldroega a gosto

sal

azeite

4 ovos

1,5 litros de água

Modo de Preparação

Num tacho colocar a cebola e os alhos picados, juntar azeite e deixar refogar levemente.

Juntar o tomate sem pele e sementes,aos pedaços, e deixar cozer.

Acrescentar a courgette descascada e também aos bocados. Mexer com uma colher de pau durante alguns segundos.

Adicionar a água e temperar de sal.

Quando a courgette e o tomate estiverem cozidos, triturar com a varinha mágica.

Adicionar as folhas de beldroega , tapar o tacho e deixar cozer.

À parte, num tacho pequeno com água quase a ferver (85ºC), escalfar os ovos, um a um.  Retirar com cuidado com uma escumadeira. Reservar.

Na momento de servir, colocar a sopa no prato e no centro o ovo escalfado.

Acompanhar com uma fatia de pão rústico (se gostar de molhar o pão no ovo).

Bon appétit!