Arte em Alfenim

Terminaram  as festas da Cidade de Angra, às quais  fiz referência aqui. Ontem à noite, no regresso a casa, ainda a pé pela rua da Sé, deparei-me com uma montra dedicada ao alfenim. Não resisti a fotografar esta manifestação de arte. Food with a meaning.

A palavra Alfenim vem do árabe “al-fenid” e significa aquilo que é branco, alvo. O Alfenim era uma  gulodice oriental  muito popular em Portugal nos finais do século XV e princípios do século XVI, aparecendo citado em obras de Gil Vicente e de Jorge Ferreira de Vasconcelos.  Veio para os Açores com os primeiros elementos mouriscos que aqui se fixaram, sendo a sua divulgação facilitada com a produção de cana-de-açúcar, verificada até aos finais do séc. XVI. Com o decorrer dos tempos, a doçaria conventual apropriou-se do Alfenim, aperfeiçoando não só a massa como também as figuras que com a mesma se fazem  figuras humanas, de animais e de flores. Era oferta de luxo, mimo com que se presenteavam pessoas distintas, imprescindível na ornamentação da mesa dos noivos. O Alfenim ainda hoje é muito frequente e apreciado nas ilhas do grupo central, sobretudo aqui na ilha Terceira.

(adaptado de alfenim.no.comunidades.net)

receita

história do alfenim

Advertisements

One thought on “Arte em Alfenim

  1. Ilídia

    São, realmente, peças muito bonitas. Ainda me lembro de participar nas coroações das Sanjoaninas e oferecerem a cada participante uma pombinha de alfenim. Nunca comia, pois sempre achei demasiado doce, mas lá que era bonito, isso era.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s