Tarte de Queijo e Morangos da Zaira

Experimentei esta tarte o ano passado, no Porto, em casa da nossa prima Zaira. Como sobremesa, serviu-nos esta tarte mas com morangos à parte. Quando me disse que era de queijo associei a cheesecake, do qual não sou grande apreciadora, ao contrário de 99,9% da população mundial. Pensei que estava safa porque havia outra sobremesa, um bolo-folhado de crescer água na boca (tão apetitoso como este aqui), mas para não ofender lá me servi de uma fatia da tarte, pequena, e à primeira garfada fiquei logo desiludida comigo própria por ter cortado uma fatia tão modesta. Como estávamos em família não hesitei e repeti a tarte, que se destacava pela sua textura leve, espumosa, pouco doce que contrastava com o crocante e salgado da massa folhada. Disse-lhe logo que teria de me facultar a receita. Concordou. Eu estava decidida que não sairia dali sem a mesma. Conversa atrás de conversa com os tios e os primos chegou por fim a hora de nos irmos embora. Era fevereiro, por altura do Carnaval, e estava tão frio lá fora- para uma açoriana 5 e 6 graus positivos é praticamente viver na Antártida. Só pensava em agasalhar-me. E nunca mais me lembrei de anotar a receita da tarte de queijo que tudo tem de simples e de bom.
Por intermédio do Facebook, a tão almejada receita chegou finalmente aos Açores.
Fiz-lhes umas alterações inofensivas, mas dir-vos-ei quais foram, e os motivos, à medida que a descrever.

Obrigada Zaira.


Ingredientes

1 embalagem de queijo creme para barrar
3 ovos (utilizei mais duas claras- tinha uma ajudante de cozinha de 4 anos que após vários esforços não conseguiu separar as claras das gemas e ambas cairam na tigela, alterando a receita original; tive então de bater separadamente duas claras)
3 colheres de açúcar (coloquei 4)
1 base de massa folhada
morangos (utilizei congelados, mas a Zaira serviu-os frescos e à parte)
açúcar em pó para polvilhar

Preparação

Numa tigela coloquei o queijo, as gemas e o açúcar. Bati muito bem com a batedeira até ficar espumoso.
À parte, transformei as claras em castelo e envolvi-as no primeiro preparado.
Verti esta mistura para uma tarteira untada e forrada com uma base de massa folhada.
Dispús os morangos pela tarte.
Levei a cozer em forno pré-aquecido, e a 180 graus, durante 30 minutos.

Depois de arrefecer, polvilhei a tarte com açúcar em pó abundante.

Se desejarem uma versão de tarte de queijo com chocolate, no Receitas ao Desafio, encontram uma sugestão.

Patrícia

14 thoughts on “Tarte de Queijo e Morangos da Zaira

  1. Lily

    Para mim pode ser uma fatia generosa que faço parte dos 99% 🙂
    Por vezes as pequenas ajudantes proporcionam-nos pequenos incidentes deliciosos, pelo que vejo não alterou o bom ascpecto da tarte. Tão fácil e com queijo pois então! Bom feriado.

    Gostar

  2. duxa

    Olá Patrícia, só as imagens da tua tarte, são o bastante, para me pôr os pensamentos numa verdadeira azáfama 🙂
    Vou marcá-la, e, só não a faço já amanhã, porque me falta o queijo creme, vou pensar nela até ao fim de semana.
    Beijinho, um bom feriado.

    Gostar

  3. mar

    Olá Patrícia:

    Tenho andado longe. Não tenho conseguido vir aqui todos os dias. E ler. Ver as imagens das coisas doces. Das coisas salgadas. Da sua ilha. A Ilídia sabe. Hoje sim. Contrariei as coisas que me têm retirado tempo. E vim ler-vos. Só para dizer que me fez bem olhar mais um dos seus doces. Parecem sempre tão no ponto. E ler as histórias associadas. Obrigada por isso.

    O meu carinho. E um bom feriado. Enquanto tivermos disso.

    Mar

    Gostar

  4. Susana

    Obah, essa fatia parece que quer saltar do ecran do pc! 🙂 Parece-me deliciosa essa tarte. Mas ´so agora é que a vi, e logo antes de me deitar. Para ficar a moer a consciência 😉
    A pequena ajudante fez o seu melhor e o resultado foi ótimo. Não se nota diferença alguma, pois também não vimos a original 😉 Excelente. Parabens.

    Beijinhos e até amanhã.

    Gostar

  5. deliciart

    Eu que faço parte dos 99% que adora cheesecake vou ter de levar a tua receita pois apesar de ter ido para a ilha volta para o continente pois terei de fazer que pelo aspecto é deliciosa.. 😉 beijinhos

    Gostar

  6. duxa

    Olá Patrícia, venho agradecer o simpático comentário, e aproveito a dar noticias da minha tarte de queijo:) é verdade…fi-la hoje assim que cheguei a casa, antecipei um bocadinho o que estava pensado para o fim de semana.
    Correu lindamente, é como pensei, uma verdadeira delicia. Depois de provarmos, comecei a pensar que o sabor, e textura, não me eram de todo estranhos, mais um bocadinho… e mais outro…pois ela desfaz-se na boca 🙂 lembrei-me de uma receita que faço com queijo creme e puré de maçãs, também ela, muito apreciada pelos meus filhos. Deixo aqui o link : http://cozinhadaduxa.blogspot.pt/2010/12/tarte-de-maca-ca-de-casa.html, as fotos não lhe fazem justiça, mas pelos ingredientes chegamos lá:)
    E pronto, é isso, a ver se arranjo um bocadinho para publicar amanhã a minha experiência, obrigada pela partilha, gostámos muito!!!
    Agora vou ver os morangos com chocolate,
    um beijinho.e bom fim de semana.

    Gostar

  7. gisela

    Patricia, eu se tivesse essa tarte à frente servia-me de uma fatia bem generosa, tem tudo o que eu gosto. Bendito facebook, que faz estas maravilhas chegarem aos Açores e serem partilhadas com tanto carinho.
    Um beijinho e boa semana

    Gostar

  8. Cristina Lages

    Desde já Parabés pelo teu blogue e pelas tuas fantásticas receitas. Virei fã!
    Experimentei no passado domingo essa maravilha e, no meu ponto de vista ficou muito boa.
    No entanto, achei que a consistencia não ficou idêntica ao da foto. A tua da a sensação que ficou mais macia e esponjosa.. A minha ficou mais consistente. Seria do tipo de queijo que utilizei ? Por isso gostaria de perguntar que tipo de queijo de barrar utilizastes.. E mais ou menos quantas gramas ? Desde já agradeço a tua resposta. E continua assim… a brindar-nos com esses doces… prazeres !!
    Um beijinho

    Gostar

  9. foodwithameaning

    Olá Cristina. Seja muito bem-vinda ao foodwithameaning. Fico sempre muito feliz quando reproduzem as receitas que publico e me colocam questões sobre elas. É um prazer poder responder-lhe. Ora bem, utilizo 200 g de queijo para barrar das marcas philadelphia ou continente.Quanto à consistência, poderá mesmo ter sido a quantidade de queijo.
    Obrigada por dizer que é fã do blog. Sabe, sou apenas uma curiosa amadora.
    Um abraço.
    Patrícia

    Gostar

    • Cristina Lages

      Patricia, obrigada pela tua pronta resposta. Efectivamente o erro está ai.. coloquei mais quantidade de queijo.
      Quanto ao teu blogue… Efectivamente não tenho palavras… É de dar água na boca. E consegues incutir-nos uma vontade arraebatadora de experimentar as tuas receitas.. Também sou uma curiosa… So comecei a aventurar-me entre os tachos há pouco tempo.. e descobri algo em mim que me tem ajudado nesta caminhada. Que gosto da aventura…! Gosto de expermimentar coisas novas, novos sabores, às vezes não tenho aquele ‘tal’ ingrediente em casa e faço uma pequena substiuição.. Um toque daqui.. outro dali.. É foi dai que vou tirando o prazer em cozinhar.
      Mas esse prazer também fica muito mais preenchido quando temos blogues como o teu que são uma fonta de inspiração.. Uma fonte inesgotável de desejos… bem gulosos… Continua assim, Patricia, a dar-nos essas grandes tentações a que é sempre dificil…. resistir ! Muito sucesso e Beijinhos

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s