Sandwich de alcatra e sweet relish

Depois das festas…..as sobras. E o que fazer com elas?

De um alguidar de alcatra, prato típico terceirense confecionado em forno de lenha, sobraram alguns pedaços de carne. Resolvi desfiá-los e transformá-los nesta sandwich e seguir uma das teorias de Lavoisier.

Procedi da seguinte forma:

Desfiei a carne. (cerca de 300 g)
Fiz um leve refogado com pouco azeite, pouca cebola, e pimento vermelho assado (de compra)
Adicionei a carne. Envolvi.
À parte coloquei 3 ovos batidos numa frigideira anti-aderente. Temperei de sal e pimenta.Tranformei-os em ovos mexidos. Misturei-os na carne.
Cortei o pão a meio.
Rechei-o com o preparado.
Cobri com uma camada de sweet relish e uma fatia de queijo flamengo.
Fechei o pão e deixei que o queijo amolecê-se ligeiramente com o calor da carne.
Servi.

Soube-nos muito bem. Acreditem.

17 thoughts on “Sandwich de alcatra e sweet relish

  1. Ondina Maria

    Acredito que esteja delicioso. Por cá também nada se perde, tudo se transforma. E isso, além de ajudar a saúde mental (pois é necessário exercitar o cérebro, o que de certeza ajuda a prevenir Alzheimer) ainda ajuda imenso a saúde financeira, que nos ultimos tempos tem sofrido bastantes ataques. E sabe bem comer umas belas sandes de vez em quando (nós temo-las 1 vez por semana!).

    Gostar

  2. Susana

    Olá Patrícia. Restos são sempre aproveitados em minha casa. E por vezes transformam-se em deliciosos pratos. Até sinto o cheiro da dessa sandes aqui 🙂 Devem ter ficado deliciosas.

    Beijinhos

    Gostar

  3. mar

    Nada se perde, realmente. É passível de transformação. Principalmente nestas alturas festivas, em que mais um bocadinho e não suportamos ver mais comida. Mais doces. Um sacrilégio. A sua adaptação ao real da lei de Lavoisier parece irresistível. Dá vontade de fazer comida a mais e tudo. Só para transformar sobras num manjar:)

    Uma boa semana para si.

    Mar

    Gostar

  4. Lídia

    Olá, Hoje foi dia de ver o blog exaustivamente. Adorei a ideia, faço muitas vezes alcatra no forno. No final dá sempre para os croquetes. Agora já tenho uma nova receita… Tks Beijinhos

    Gostar

    • foodwithameaning

      Bem-vida ao blogue amiga. Também levo a dica dos croquetes. E deixo-te outra. Com sobras de alcatra costumo fazer roupa-velha. A tradicional é com restos de bacalhau. Eu faço-a com sobras de carne cozida ou guisada.
      Um abraço.
      Patrícia

      Gostar

      • Lídia

        Olá obrigada, pelas dicas essa da roupa velha é para acatar já a seguir. Obrigada e continua a presentear-nos com verdadeiras delícias. Adorei conhecer os teus princepezinhos. Beijinhos

        Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s