Enrolados de Salsicha – um improviso

Tenho o costume de planear a semana, de fazer um menu, facilitando assim a organização das refeições e, consequentemente, a ida ao supermercado. Defino o que pretendo confecionar e faço uma lista com os ingredientes em falta. Mas não fiquem com a ideia que sou a organização em pessoa porque, por vezes, a lista é mesmo elaborada mentalmente (afinal devemos exercitar a nossa memória). Penso que desta forma damos utilização a tudo o que temos em casa, evitando o desperdício, a acumulação de produtos nos armários despenseiros e a criação de culturas biológicas dentro do frigorífico.
Esta receita não foi contudo planeada. Não figurava em nenhuma ementa pré-estabelecida. Aconteceu de improviso. Surgiu da necessidade de rentabilizar produtos que tinha em casa. Conjuguei uma couve lombarda, que pedia para ser consumida, com um frasco de salsichas alemãs, que se aproximava do fim de prazo.

Enrolados de salsicha

Ingredientes

1 frasco com 8 salsichas (podem fazer com salsicha fresca. Penso que o resultado seria ainda mais saboroso)
8 folhas de couve lombarda (utilizei uma folha por salsicha, mas da próxima vez utilizarei duas folhas para criar mais volume)
1 lata pequena de tomate pelado triturado
1 cebola
3 dentes de alho
azeite
1 folha de louro
1 copo de vinho branco
1 copo generoso de água
especiarias (pimenta preta, cominhos, piri-piri)
2 folhas de manjericão
sal
palitos
1 chávena de arroz (para 4 pessoas)

Lavei as folhas de couve lombarda.
Escaldei-as num tacho com água a ferver.
Envolvi-as nas salsichas.
Prendi-as com um palito.Reservei.

Fiz um refogado com a cebola, o alho, o tomate triturado e as folhas de manjericão finamente picadas.
Adicionei o vinho, a água e deixei ferver.
Temperei com sal e com as especiarias.
Coloquei no tacho as salsichas enroladas na couve e presas pelo palito (utilizei um tacho de fundo largo, porque assim os enrolados ficam praticamente submersos no molho)
Em lume brando, deixei cozer a couve e apurar o molho.

Servi com arroz branco.

Anúncios