Bolo de Bolacha, para agradar ao pai e ao sogro

Esta sobremesa foi apreciada cá em casa num dos jantares da época natalícia. Dificilmente consigo juntar à mesa os meus pais e os meus sogros. Este facto nada tem a ver com questões de personalidade (como poderão estar a pensar) mas sim com razões geográficas. Quem mandou um transmontano escolher uma açoriana e os Açores para viver? Pois, ele ficou por cá, nas ilhas, no meio do mar, como diz a minha sogra, que ficou feliz quando saímos da ilha onde o chão fervia e deitava fumo (S.Miguel) e nos mudámos para a Terceira. Assim os netos já não falariam tão açoriano, como se o modo de falar micaelense fosse detentor de toda a açorianidade. Pensamentos de quem acha que se houver uma calamidade não temos estradas por onde fugir. Percebo-a, mas também quando vou a Trás-os-Montes chego a sentir a prisão das colinas. Mas apazigua-me o facto da minha sogra morar mesmo em frente ao rio e de ter uma varanda em toda a frente da casa de onde se veem os juncos onde se escondem as cobras, os peixes a mergulhar ocasionalmente, as rãs a coaxar, os patos e as galinhas da aldeia a depenicarem e a bebericarem sem regra, o rebanho de ovelhas do tio Chibarras e da tia Manca a passar ampliando o tilintar dos guizos à medida que se aproxima. A água a atravessar a aldeia, a génese da vida. A calma. As cigarras.
O mar e o rio. O pai e o sogro. E a sobremesa preferida de ambos.

Bolo de Bolacha

Ingredientes

3 pacotes de bolacha tipo Maria
300 g de açúcar
2 pacotes de natas
café solúvel
café expresso

Preparação

Coloquei no copo 20 g de bolacha e pulverizei 10 seg/Vel.9. Retirei e reservei.
Deitei no copo o açúcar e pulverizei 30 seg/vel 9. Com a ajuda da espátula baixei o que ficou nas paredes do copo.Reservei.
Coloquei a borboleta e as natas (previamente refrigeradas) no copo. Programei Vel. 3 e 1/2. Fui espreitando através do copo para evitar que se transformassem em manteiga (o que neste caso não seria problema uma vez que a receita original leva manteiga e não natas). Assim que se encontravam praticamente batidas fui adicionando o açúcar em pó e colheres de chá de café solúvel até atribuir às natas a cor moka. Reservei.
Preparei café expresso. Demolhei as bolachas ligeiramente no café preparado.
Num prato de bolo, fiz camadas alternadas com o creme reservado.
Finalizei com o creme.
Polvilhei com a bolacha ralada reservada. Levei ao frigorífico.

Obs. O pai e o sogro adoraram a sobremesa. Foi a primeira vez que experimentaram este bolo de bolacha com natas e ambos concordaram que ficou mais leve no sabor.

O café pode ser substituído por chocolate amargo.

Boa semana!

Patrícia

Esta receita foi adaptada do livro A Bimby, Massas e Doces, página 154

Anúncios

24 thoughts on “Bolo de Bolacha, para agradar ao pai e ao sogro

  1. Rita

    Em pequena não gostava nada de bolo de bolacha, achava-o enjoativo por causa da manteiga. Esta versão com natas deve ficar bem mais leve e fiquei com vontade de experimentar! O aspecto é sem dúvida muito bonito. 🙂 (Obrigada pela visita e comentário no meu cantinho!) Beijinho

    Gostar

  2. Ondina Maria

    Também uso natas para o bolo de bolacha (acho sempre que o creme de manteiga é muito gorduroso). E gosto, por vezes, de raspar chocolate e colocar por cima de cada camada de natas. Hei-de então experimentar trocar o café pelo chocolate 🙂
    PS: pai e sogro bem fáceis de agradar!

    Gostar

  3. gisela

    Patricia, tal como o pai e o sogro também adoro este bolo, mas nunca provei com natas, costumo fazer com creme de manteiga. Para a próxima experimento esta versão que me parece óptima.
    Um beijinho

    Gostar

  4. Vanda

    estou neste momento no Brasil depois de ter vivido 6 anos em SAO MIGUEL,assim que começei a ler sua historia vi logo que só podia ser dos meus AÇORES!!! sou de Azeitao/SETUBAL ,mas por motivos de trabalho vim para a Niteroi. AME o nosso País,pois só quem sai é que consegue ver o QUANTO TODO O NOSSO PORTUGAL É LINDO e a nossa gastronomia desde as ILHAS ao Continente! que o SENHOR SANTO CRISTO vos ilumine e continue com essa receita maravilhosa beijos Vanda

    Gostar

  5. Luisa Machado

    Este bolo de bolacha é delicioso! Antigamente, lá em casa, era esta a receita que se fazia, mas com manteiga, depois fomos alterando, e hoje o que habitualmente se faz, é bom, mais leve, mas diferente. Confesso que este me deixou muitas saudades do antigo 😉

    Gostar

  6. Cecilia Pinto

    Adorei esta receita, vou experimentar, mas tenho uma dúvida podem-me dizer o que é uma ” borboleta “,porque utilizam na confecção do bolo,mas não sei o que é. Obrigado

    Gostar

    • foodwithameaning

      A borboleta é o nome da peça de plástico que é colocada na lâmina do copo da Bimby para bater o bolo. Podes utilizar a batedeira normal que vai dar ao mesmo. Se fizeres este bolo vais mesmo gostar.
      Beijinhos e obrigada pela visita.
      Patrícia

      Gostar

  7. Vie

    Descobri a receita de bolo de bolacha para implementar no restaurante dos meus pais. A receita que realizamos é a tradicional com a manteiga, açúcar e café. E decidimos alterar a receita mas ainda não o fizemos. Vou experimentar esta já, já! 🙂

    Gostar

  8. Claudiaguima

    Olá Patrícia
    Escrevo-lhe do Brasil. Aqui não temos nata em pacotes mas em garrafas. De quantos mililitros preciso para fazer sua deliciosa receita? Esse bolo de bolachas era feito na casa da minha mãe com o creme de manteiga. Imagino que com as natas deva ficar levíssimo! Obrigada.

    Gostar

  9. Filipe Ferreira

    Fiz esta receita e sugiro menos açucar porque a bolacha tambem é doce. Fica mais “”saudavel” e realça o sabor do cafe. Mas ainda assim ficou 😉. Cumprimentos

    Gostar

  10. Joana

    Antes de mais, muito obrigada pela partilha. Nunca fazia esta sobremesa por causa da manteiga e hoje mal vi a sua proposta, aventurei-me. Ainda não tive oportunidade de provar o produto final porque vou ter de esperar algum tempo para refrigerar 😂. Mas deliciei-me só com a fase da preparação. Mal posso esperar pela degustação … cumprimentos

    Gostar

  11. Joana

    olá Patrícia,

    Venho confirmar o que já esperava, é absolutamente delicioso e viciante!! Foi aprovadíssimo em casa! A repetir, sem dúvida alguma.

    Continuação de inspiração para as excelentes e irresistíveis receitas que publica.

    Cumprimentos,

    Joana

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s