Coelho assado à moda do caçador e um licor de vinho: sugestões para a passagem de ano

Tenho a sorte de ter um cunhado muito versátil. Para além da profissão que exerce, é mecânico, pescador, caçador e um cozinheiro exímeo. Esta receita pertence-lhe por completo. Ele é o autor da caça, o responsável pelo arranjo, tempero e confeção da carne. Pedi-lhe a receita e a autorização para publicá-la. Sentiu-se orgulhoso com o meu pedido, até um pouco envergonhado, confesso. Com a calma atropelada característca do seu jeito de falar, e entre pausas e reflexões, contou-me, à mesa da cozinha, todos os segredos que envolvem o tempero da carne e a preparação do forno de lenha onde o coelho foi assado. E eu anotei apressadamente todos os passos desta entrevista no meu caderninho, com receio de perder algum pormenor.

Ingredientes e Modo de Confeção

Depois de tirar a pele, lava-se o coelho com água temperada com sal e vinagre.
Parte-se o coelho em pedaços.

De véspera, coloca-se o coelho num alguidar. Faz-se um vinha d’alhos com bastante alho partido e cebola, massa malagueta, folhas de louro, colorau (pimentão doce), pimenta jamaica e pimenta branca, sal, sumo de um limão e o limão cortado em pedaços. Cobre-se a carne com vinho tinto e vinho branco de qualidade. Rega-se também com um pouco de cerveja.

No próprio dia, faz-se um refogado em azeite com uma cebola grande. Adiciona-se tiras de bacon e chouriço às rodelas. Polvilha-se com Goya Açafrão (mistura de alho moído, pimenta e açafrão)
Antes de se colocar o coelho numa assadeira para ir ao forno, coloca-se o coelho com o vinha d’alhos numa panela e dá-se uma fervura na carne (este é um dos segredos)

Retira-se da panela e coloca-se o coelho na assadeira. Põe-se o refogado com os fumados por cima. Envolve-se tudo. Coloca-se uma concha ou duas da água da fervura por cima do coelho antes de ir ao forno. Retifica-se os temperos provando o molho.

Três ou quatro horas antes de se colocar o assado no forno, deve iniciar-se o aquecimento deste, colocando-se toros de lenha até o forno estar bem quente. Depois deve-se controlar a temperatura até o forno estar num ponto intermédio para se colocar a assadeira e começar a cozedura da carne. Deve assar lentamente. (outro segredo).

Partilho também convosco um cálice de licor de vinho, também da autoria do meu cunhado. Mas ainda não consegui convencê-lo a dar-me a receita.

<

Brindo assim a chegada do ano 2012.

Cheers!

Patrícia

Advertisements

3 thoughts on “Coelho assado à moda do caçador e um licor de vinho: sugestões para a passagem de ano

  1. gisela

    Patricia, parece que somos umas sortudas. Também tenho um cunhado que é caçador e pescador. A almoço de dia de Natal foi caça que eu adoro. Mas não com esta receita que me parece divinal.
    Um beijinho

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s